NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Uma feliz quinta feira a todos na Paz de Deus.
Hoje à(s) 7:12 am por Paulino

» Uma feliz quarta feira a todos na Paz de Deus.
Ontem à(s) 7:18 am por Paulino

» Uma feliz terça feira a todos na Paz de Deus.
27th Junho 2017, 7:03 am por Paulino

» O crente não peca?
25th Junho 2017, 12:16 pm por Admin

» Um feliz domingo a todos na Paz de Deus.
25th Junho 2017, 7:29 am por Paulino

» Filho Pródigo
24th Junho 2017, 9:59 am por Leo2017

» Um feliz sábado a todos na Paz de Deus.
24th Junho 2017, 7:11 am por Paulino

» Uma feliz sexta feira a todos na Paz de Deus.
23rd Junho 2017, 7:19 am por Paulino

» Uma feliz terça feira a todos na Paz de Deus.
20th Junho 2017, 7:27 am por Paulino

Junho 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

Quem está conectado
43 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 42 Visitantes :: 1 Motor de busca

Paulino

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4252 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de AmberLuk

Os nossos membros postaram um total de 29605 mensagens em 12547 assuntos

Poderiam ser ensinamentos da CCB - O que mais disseram “aqueles”

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Poderiam ser ensinamentos da CCB - O que mais disseram “aqueles”

Mensagem por Ricardo Mendes em 17th Fevereiro 2015, 9:38 pm

É ler para crer!



[size=30][size=30]O que mais disseram “aqueles”[/size][/size]


abril 5, 2013



1.2 – SOBRE O ESTUDO DA BÍBLIA:
1.2.1 Cremos na necessidade da leitura e estudo sistemático das Sagradas Escrituras por todo o cristão desde a mais tenra idade. Entendemos não haver outra forma de crescimento espiritual fora da Bíblia.
1.2.4  Assim devemos seguir o exemplo da Igreja de Beréia, considerada nobre, por examinar nas escrituras as palavras que Paulo pregava.
1.4 –  SOBRE A SALVAÇÃO:
1.4.3  Nenhuma organização religiosa pode oferecer salvação em si mesma, pois a Bíblia nos diz: “Porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens pelo qual devamos ser salvos”.
1.5  – SOBRE A GRAÇA:
1.5.3  A Graça de Deus nada mais é do que a pessoa de Jesus Cristo (…).
1.5.4  Nenhuma organização religiosa tem o direito de auto denominar “A Graça de Deus”.
1.6 – SOBRE A IGREJA:
1.6.2 Diante da grandeza do sacrifício de Jesus no Calvário, realizado em benefício de todos os homens, não é bíblico uma igreja, denominação ou grupo religioso auto-intitular-se: “A única e verdadeira Igreja” ou “O único e verdadeiro caminho”, usurpando um lugar que é exclusivamente de Cristo (…).
1.6.5 Entendemos que, as igrejas que professam a mesma fé e doutrina, são aquelas que estão fundamentadas nos mesmos princípios de fé, e não aquelas que são pertencentes a uma mesma denominação religiosa.
1.8 – SOBRE A SEGURANÇA DA SALVAÇÃO:
1.8.2 Diante de afirmativas tão claras, o cristão pode gozar da felicidade de se chamado “salvo”, com a garantia do próprio Senhor de que nada mais o separará do Seu Amor. A Bíblia nos diz: “Portanto agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus”.
1.9 – SOBRE O PECADO:
1.9.3 Definitivamente não se faz aqui uma apologia ao pecado, haja vista as graves conseqüências causadas por ele ao ser humano. Afirmamos, porém que nenhum pecado pode ser maior do que o sacrifício de Cristo. Nada que o homem faça poderá anular o que Cristo fez por ele na Cruz.
1.10 – SOBRE A BLASFÊMIA OU PECADO DE MORTE:
1.10.2  Negamos que o adultério matrimonial seja o pecado de morte (…)
1.10.3 Entendemos que sustentar tal ensinamento, ou seja, que o adultério matrimonial é o pecado imperdoável, a CCB tem condenado inúmeras vidas à perdição e as tem privado de uma reconciliação com Deus, impedindo que as mesmas possam ser restauradas pelo arrependimento e confissão de seus pecados diante de Deus.
1.11 – SOBRE O BATISMO:
1.11.2 Entendemos que este ritual em si, não é dotado de nenhum poder. As águas batismais não podem perdoar, lavar ou regenerar o homem dos seus pecados. Esse benefício só é conseguido através do lavar regenerador do Sangue de Cristo, mediante a fé de quem o deseja.
1.11.4 Entendemos como válido o batismo realizado por outras denominações evangélicas na forma do exposto acima, não sendo necessário que o fiel seja rebatizado ao mudar de denominação, a menos que manifeste esse desejo.
2.3 – SOBRE O VÉU E O ÓSCULO SANTO:
2.3.3 Não vemos na observação desses costumes nenhum problema em relação à fé cristã, porém não os reconhecemos como doutrinas bíblicas, ordenanças ou mandamentos obrigatórios à salvação.
2.4 – SOBRE A OBSERVAÇÃO DE COSTUMES:
2.4.1 Cremos que toda questão secundária a salvação deve ser estabelecida mediante apelo ao bom senso da consciência do cristão. A Bíblia não legisla sobre roupas, cortes de cabelo, uso de jóias e outros tantos costumes.
2.6 – SOBRE A ORAÇÃO:
2.6.3 No culto público não vemos problema em se fazer orações de joelhos. Entendemos ser um problema a afirmativa de que somente nessa posição corporal é possível ser ouvido por Deus, o que atenta contra as Escrituras e contra a razão simples.
2.8 – SOBRE BEBIDAS ALCOÓLICAS:
2.8.3 Assim, uma organização chamada cristã não pode abrir concessões quanto ao uso de bebidas alcoólicas por seus membros, muito menos por sua liderança.
2.10 – SOBRE O OFÍCIO E O SUSTENTO PASTORAL:
2.10.4 Entendemos que os termos: pastor, Ancião, presbítero, Bispo, Reverendo etc, são semelhantes entre si, sendo adotados por cada denominação o que mais lhe agrada.
2.11 – SOBRE A ORDENAÇÃO DE NOVOS OBREIROS:
2.11.4 Assim, acreditamos que a indicação de parentes para cargos e ministérios numa denominação sem que esses tenham sido efetivamente chamados e capacitados pelo próprio Senhor, torna-se algo imoral e vergonhoso. Até mesmo os ímpios entendem que esta prática pode contribuir para desvios de conduta. Muito mais a igreja de Cristo deve se guardar desta nódoa.
2.12 – SOBRE O DÍZIMO:
     2.12.1 Cremos ser o dízimo uma ferramenta aprovada por Deus para a manutenção física da igreja (…).
2.13 – SOBRE EVANGELISMO E MISSÕES:
2.13.1 Cremos que todo o cristão é chamado para o evangelismo (…)
2.13.2 Não há respaldo bíblico para o ensinamento de que Deus enviará os pecadores a uma igreja para que sejam salvos.
CONCLUSÃO:
Teríamos ainda muitos outros pontos a considerar, porém nos limitamos a ests, por entendermos que já nos fizemos compreendidos.
Não é de nossa plena satisfação tal ato, dado a incontáveis bênçãos recebidas de Deus na CCB, bem como a comunhão que mantivemos com nossos irmãos durante os muitos anos de nossa freqüência.
Mas como citamos na apresentação, não podemos trair nossa consciência, pois a mesma é cativa a Palavra de Deus.
Nossa oração é que esta confissão traga frutos de reflexão, e que os irmãos realmente comprometidos com esta obra de Deus possam rever conceitos e práticas.
Não consideramos as interpretações aqui expressadas, a ultima palavra em matéria de fé, estaremos sempre abertos ao diálogo. Reservamo-nos também o direito de mudar de opinião, sempre que for provado pela Palavra de Deus e pela razão que estamos equivocados.
Por força do exposto acima, abrimos mão de todos os direitos a nós concedidos nesta instituição durante o tempo em que nela comungamos como membros.
Também nos fazemos livres de quaisquer obrigações, votos ou juramentos aos quais venhamos a ter nos submetidos durante esse período.
Manifestamos aqui toda nossa gratidão pelos esforços por nós realizados pela CCB e desejamos que o Senhor vos recompense com toda sorte de bênçãos espirituais.
Finalmente, entendemos que com este ato, estamos realizando um serviço para o qual fomos chamados por Deus já há alguns anos. A Ele tributamos todas honra, glória, louvor, poder e adoração, pelos séculos dos séculos. Amém!
Filipenses 4:7 – “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus”.

Ricardo Mendes

Mensagens : 230
Pontos : 572
Data de inscrição : 23/11/2014
Idade : 54
Localização : rj

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum