NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Dezembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Quem está conectado
70 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 70 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4293 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de João Celso

Os nossos membros postaram um total de 30108 mensagens em 13032 assuntos

Romanos 6:3-4 ensina o batismo na água?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Romanos 6:3-4 ensina o batismo na água?

Mensagem por Ricardo Mendes em 25th Agosto 2015, 1:07 pm

Romanos 6:3-4 ensina o batismo na água?

    Seria incorreto designar o batismo de Romanos 6:3-4 o batismo na água de João Batista, de Jesus ou de Pedro no dia de Pentecostes. Procurará em vão encontrar qualquer menção de água mesmo no livro inteiro de Romanos! Além disso, o versículo diz claramente que nós somos batizados em Cristo, não no rio Jordão, ou em qualquer outra água. Há uma diferença significativa entre ser batizado na água e ser batizado em Cristo.
    Estranhamente, muitos continuam a usar Romanos 6:3-4 para justificar o batismo na água nesta dispensação. São ligeiros em destacar o simbolismo do ser-se imerso na água como um enterro, e, o emergir da água como uma ressurreição. No entanto, Paulo nunca faz essa relação simbólica, nunca tendo mencionado ali o batismo na água, e assim, portanto, o versículo tem de ser forçado a dizer o que nunca disse.

O batismo na água de João e a Cruz

    Quando João Batista veio batizar, as Escrituras declaram claramente o método e a função do seu batismo.

    “Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados. E toda a província da Judeia e os de Jerusalém iam ter com ele; e todos eram batizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados” - Marcos 1:4,5.

     É claro que João é o batista. É também claro que a função do seu batismo era "para a remissão dos pecados'. Por último, é claro que João batizou com água, especificamente, "no rio Jordão".

    O que deve ser salientado é que, apesar de João Batista ter pregado o arrependimento e o batismo para a remissão dos pecados, nunca pregou a cruz de Cristo, a Sua morte, ou a Sua ressurreição. De facto, até mesmo os discípulos de Jesus que muito provavelmente foram batizados na água por João, tendo eles próprios realizado batismos na água, ignoravam a cruz e a ressurreição anos depois dos seus próprios batismos!

     “E, havendo-O açoitado, O matarão; e ao terceiro dia ressuscitará. E eles nada disto entendiam, e esta palavra lhes era encoberta, não percebendo o que se lhes dizia” – Lucas 18:33,34.

    A única coisa que é certa é que o batismo na água era de arrependimento para a remissão dos pecados.

    O batismo na água dificilmente poderia ter sido realizado como um símbolo da morte e ressurreição de Cristo, uma vez que a morte e a ressurreição não eram compreendidas por aqueles que eram batizados nem pelos próprios batistas.


O batismo na água de Pedro e a Cruz

    Em Mateus 28:19-20, nós vemos o Senhor Jesus ressuscitado ordenar aos discípulos:

    “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as a guardar todas as coisas que Eu vos tenho mandado".

    Em resposta, Pedro em Pentecostes apresentou a crucificação de Jesus como um testemunho da maldade de Israel rebelde que requeria arrependimento. Os judeus então presentes "compungiram-se em seu coração, e perguntaram … : Que faremos …?" (Atos 2:36-37).

    A resposta de Pedro foi: "Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados."

    Esta mensagem de arrependimento e batismo para a remissão dos pecados era a mesma que João Batista ensinou.

    Também é instrutivo ver que Pedro não pregou a morte e ressurreição de Jesus Cristo para remissão dos pecados, mas o batismo na água para a remissão dos pecados, exatamente como João Batista.


O batismo na água de Paulo e a Cruz

    Não é incomum os adeptos do batismo na água de João apontarem para o batismo na água realizado por Paulo em Atos 18:8 e 1 Coríntios 1:14. No entanto, observe o que Paulo diz sobre o seu batizar na água e a cruz.

    ‘Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã‘ – 1 Cor 1:17.

    Paulo não foi enviado a batizar. No entanto, lemos anteriormente, em Mateus 28: 19 que o Senhor Jesus enviou todos os Seus discípulos a batizar na água. Além disso, Paulo separa o Evangelho do batismo na água dizendo 'mas para evangelizar".

    Se o Evangelho pregado por João Batista e Pedro no dia de Pentecostes incluía o batismo para a remissão dos pecados, então como é que Paulo podia excluir o batismo da apresentação do seu Evangelho?

    A resposta jaz na revelação dada a Paulo depois de Pentecostes quando Cristo enviou Paulo com uma comissão separada.

    ‘Mas faço-vos saber, irmãos, que o Evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens. Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo‘ –Gál 1:11-12.

    Jesus apareceu muitas vezes a Paulo com instruções adicionais para esta dispensação atual (Atos 26:16, Ef 3:1-2). Uma delas foi para que ele deixasse de batizar na água pois isso anularia o efeito da cruz de Cristo nos que fossem batizados na água. A implicação é que, como Cristo fez toda a obra necessária para a nossa salvação na cruz, os crentes que se sujeitassem ao batismo na água colocá-lo-iam numa posição superior à sua confiança na cruz do Salvador.

    Paulo faz depois uma clara separação entre o batismo na água e a cruz de Cristo, o batismo na água e o Evangelho.


Romanos 6:3-4 não é um símbolo

    A ausência do Evangelho da cruz no batismo na água de João, e no batismo na água de Pedro, bem como a separação que Paulo faz do batismo na água do Evangelho de Cristo, é ampla evidência de que o batismo na água não visava ser um símbolo do Evangelho.

    Pelo contrário, Paulo significa exatamente o que ele escreve em Romanos 6:3-4, a saber, que nós somos batizados na Pessoa de Cristo e como resultado somos crucificados com Cristo (Gl 2:20). Este batismo em Cristo é realizado pelo Espírito.

    "Pois todos nós fomos batizados em um Espírito formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito"- 1 Coríntios 12:13.

    Este batismo feito pelo "poder [ou, operação] de Deus" (Cl 2:12) no próprio Cristo coloca-nos em posição de tomarmos parte não só na Sua morte, como também na Sua ressurreição, que é o exato ensino de Romanos 6:3-4.

    "Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo ressuscitou dos mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida" - Romanos 6:3-4.

    Note que o batismo conduz à morte, o que é muito longínquo da alegada função do batismo na água hoje. O único batismo que pode conduzir à morte é o batismo em Cristo pelo Espírito, pelo qual somos crucificados com Cristo.

    "Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o Qual me amou, e Se entregou a Si mesmo por mim" - Gl 2:20.

    O batismo de Romanos 6:3-4 é o nosso batismo em Cristo pelo Espírito, não o batismo na água por João ou Pedro.

Justin Johnson

_________________
Ricardo Mendes

Ricardo Mendes

Mensagens : 230
Pontos : 572
Data de inscrição : 23/11/2014
Idade : 54
Localização : rj

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum