NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» MANUELA AZEVEDOE O FALSO EVANGELHO
Ontem à(s) 7:53 pm por Jahyr

» O DÍZIMO E A CCB
Ontem à(s) 7:52 pm por Jahyr

» A Idolatria é o Cultos que os Cristãos Oferecem aos Demônios!
Ontem à(s) 2:44 pm por Gideões da CCB-Livre

» ESPÍRITO CONTRADITÓRIO E DE CONFUSÃO
Ontem à(s) 9:18 am por Jahyr

» Uma feliz quinta feira a todos na Paz de Deus.
Ontem à(s) 7:03 am por Paulino

» UMA CONVERSA COM O AMADEU ROSSI
16th Agosto 2017, 8:15 am por Jahyr

» Uma feliz quarta feira a todos na Paz de Deus.
16th Agosto 2017, 7:00 am por Paulino

» RECADO PARA UM CANDIDATO AO INFERNO
15th Agosto 2017, 8:14 pm por Jahyr

» VAMOS ENGOLIR CAMELOS
15th Agosto 2017, 8:12 pm por Jahyr

Agosto 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Quem está conectado
21 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 21 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4276 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Beatriz Gardini

Os nossos membros postaram um total de 29793 mensagens em 12731 assuntos

Cristianismo é celestial, está fora do arraial e se adora em espirito e verdade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cristianismo é celestial, está fora do arraial e se adora em espirito e verdade

Mensagem por Ricardo Mendes em 2nd Setembro 2015, 3:25 pm

O cristianismo é tipicamente celestial


Se quisermos entender o que é o verdadeiro cristianismo,
devemos perceber que existe um contraste entre
judaísmo e cristianismo, duas ordens de adoração totalmente
distintas – ambas estabelecidas por Deus. O judaísmo
é a maneira terrenal de se aproximar de Deus em
adoração, e foi dada por Deus para um povo terrenal, com
esperanças terrenais e uma herança terrenal. O cristianismo,
por sua vez, é uma ordem celestial, dada por Deus para o
Seu povo celestial, o qual possui esperanças celestiais e uma
herança celestial (Hb 3:1; Cl 1:5; Fp 3:20; 1 Pd 1:4).
Por esta razão, no verdadeiro cristianismo não existe a
guarda de dias santos ou festas religiosas, coisas que pertencem
à religião terrenal. Quando os gálatas passaram a
se ocupar com os elementos fracos e pobres da religião
terrenal, o apóstolo Paulo os advertiu, dizendo: "Como
tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres,
aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e me-
ses, e tempos, e anos" (Gl 4:9-10). Israel observava religiosamente
os dias santos e especiais por possuir uma
religião terrenal. Aquilo estava correto e apropriado para
eles, mas a igreja, que pertence ao céu, não possui essas
coisas. Mesmo assim, as denominações em geral perderam
de vista a vocação celestial da igreja e inventaram
dias religiosos especiais como Sexta Feira Santa, Dia de
Todos os Santos, Quaresma etc. Não encontramos essas
coisas em lugar algum da Bíblia. Colossenses 2:16-17 nos
diz: "Ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber,
ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos
sábados, que são sombras das coisas futuras". Existe
apenas um dia que deveria ter algum significado para o
cristão, e este dia é "o dia do Senhor" – Ap 1:10

O verdadeiro cristianismo está "fora do arraial



O Novo Testamento indica que a igreja primitiva,
predominantemente formada por judeus convertidos, foi
encorajada a abandonar a ordem judaica de coisas para
seguir o verdadeiro cristianismo. O objetivo da epístola
aos Hebreus é mostrar que a adoração cristã contrasta
com a adoração judaica, e não é uma extensão desta última.
Após a epístola apresentar muitos pontos neste sentido,
a conclusão de toda a questão está em exortar a igreja
a abandonar totalmente a ordem judaica de coisas, pois
o Senhor Jesus Cristo está agora fora disso tudo! Ela diz:
"Saiamos, pois, a ele fora do arraial, levando o Seu
vitupério" (Hb 13:13). O "arraial" é um termo que diz
respeito ao judaísmo e a todos os seus princípios e práticas.
Um judeu não teria qualquer dificuldade para entender
o significado do termo, já que ele era usado no
Antigo Testamento em conexão com Israel. A igreja primitiva
saiu "fora do arraial". Por intermédio do ensino
de Paulo os cristãos foram levados a enxergar que o cristianismo
não era um adendo ou uma alteração do judaísmo,
como muitos cristãos hoje acreditam, mas era uma
forma totalmente "nova" de se achegar a Deus em adoração
(Hb 10:20). Inicialmente os judeus convertidos tiveram
dificuldade para aceitar isso, e Deus os tratou com
paciência. Foi esta justamente a razão pela qual foram
escritas as epístolas cristãs aos hebreus. Estas epístolas
(Hebreus, Tiago e 1 Pedro) são particularmente destinadas
a levar o judeu convertido para fora do judaísmo e
firmá-lo no cristianismo. Elas também são perfeitamente
aplicáveis à igreja hoje, a qual mergulhou em uma
ordem de coisas quase judaica e precisa desesperadamente
livrar-se dessas coisas.
Já que as assim chamadas igrejas na cristandade
adotaram muitas coisas judaicas e as misturaram em seus
sistemas de adoração, chegando a fazer dessas coisas
uma parte integral de seus cultos, o princípio mostrado
em Hebreus 13:13 serve de exortação muito necessária
para os dias de hoje. Devemos sair "fora do arraial" sempre
que o detectarmos, seja ele representado pelas sinagogas
judaicas, seja pelas igrejas denominacionais criadas
pelo homem na cristandade. Este versículo também
nos dá outra razão para nos separarmos das igrejas
denominacionais e não denominacionais. Ele nos exorta a
irmos a Cristo, que agora está fora dessa ordem terrena
de coisas, já que o judaísmo, apesar de ter sido originalmente
estabelecido por Deus, é agora uma ordem de adoração
que foi deixada de lado.


A adoração cristã é em "espírito e verdade


Esta mudança na forma de se aproximar de Deus em
adoração foi primeiramente anunciada pelo Senhor Jesus
à mulher samaritana à beira do poço de Sicar. Ele indicou
a ela que cessaria aquela ordem terrenal de adoração.
"Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em
que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o
Pai" (João 4:21). Aquele "monte" (Gerizim) era o lugar
onde os samaritanos adoravam, e "Jerusalém" era o lugar
onde Israel adorava a Jeová.
Mas agora tudo aquilo daria lugar a uma forma totalmente
nova de adoração e de se achegar a Deus. (Em
outras passagens aprendemos que, após a igreja ser
chamada para habitar no céu na vinda do Senhor – no
Arrebatamento –, o judaísmo voltará a ser praticado na
terra por Israel e pelos gentios convertidos, pois é esta a
maneira adequada para o povo terrenal adorar a Deus.
Veja Ezequiel 40-48. Isto mostra que o judaísmo não é
ruim, mas que apenas foi colocado de lado temporariamente
enquanto Deus chama para si um grupo celestial – a igreja).
O Senhor também disse à mulher samaritana que
outra mudança iria ocorrer. Enquanto Israel adorava a
Jeová, os cristãos agora adorariam "o Pai". Trava-se de
algo novo e de uma revelação claramente cristã, pois
aproximar-se de Deus como Pai era algo desconhecido
no Antigo Testamento.
Além disso, o Senhor também mostrou à mulher que
haveria uma mudança no caráter da adoração. Ele disse:
"Mas a hora vem, e agora é em que os verdadeiros adoradores
adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque
o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito,
e importa que os que o adoram o adorem em espírito
e em verdade". (João 4:23-24). A adoração "em espírito
e em verdade" é uma adoração espiritual que está
em conformidade com a revelação cristã da verdade.
Uma adoração assim não era a característica da adoração
de Israel, pois o Senhor indicou claramente que se tratava
de algo que estava para começar; não era algo praticado
por Israel naquela ocasião. A adoração que Israel
prestava a Jeová era por meio de ritual e cerimônia. O
povo tinha uma religião que havia sido designada – como
se isso fosse possível – a induzir o homem na carne a adorar
a Deus. Precisava ser assim, pois o homem naquele
tempo ainda estava sendo provado (de Adão até a cruz
de Cristo são 40 séculos – 40 é o número que nos fala de
prova). Por esta razão praticamente todos os meios externos
eram empregados em nome da religião para se atingir tal fim.
Mas os cristãos não precisam de uma religião ritualística
e cerimonial para adorar a Deus como era o caso de
Israel, pois agora temos acesso pelo Espírito à própria
presença de Deus (Ef 2:18; 3:12; Hb 10:19-22). No cristianismo
a adoração é auxiliada pelo fato de o Espírito Santo
habitar no crente, e não pelos esforços de mãos humanas
(Fp 3:3; At 17:24-25). Israel não possuía tal privilégio.
A adoração cristã é o "novo e vivo caminho" (Hb 10:20).
Ele é "novo" porque não é uma reciclagem do judaísmo,
e é "vivo" porque é necessário que o adorador possua
uma nova vida (que seja nascido de novo) para se aproximar
de Deus desta maneira celestial.

_________________
Ricardo Mendes

Ricardo Mendes

Mensagens : 230
Pontos : 572
Data de inscrição : 23/11/2014
Idade : 54
Localização : rj

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum