NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Outubro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

Quem está conectado
23 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 23 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4286 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de victoria bulha

Os nossos membros postaram um total de 30032 mensagens em 12965 assuntos

Levando a boa nova, o problema de Natanael.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Levando a boa nova, o problema de Natanael.

Mensagem por Ricardo Mendes em 5th Setembro 2015, 11:26 pm

Levando a boa nova


A Bíblia não é um livro de normas de conduta ou de aconselhamento, embora nela você encontre normas de conduta e bons conselhos. A Bíblia é uma história. Ela mostra de onde viemos, o que deu errado conosco, como Deus resolveu isso e para onde vamos. Mas não se trata da nossa história e nem somos o tema central dela. A Bíblia toda existe só para falar de Jesus e é ele o tema central.

Embora você encontre regras e conselhos na Bíblia, quando chegamos nos evangelhos descobrimos que o objetivo de Deus era dar uma notícia, uma boa nova. A diferença entre um livro de regras de conduta e uma notícia é enorme. Você compra livros de receitas para saber como fazer um prato, e se seguir direitinho as instruções no final o seu paladar será premiado. 

Mas você compra o jornal para saber o que aconteceu. Você não fez aquilo que está lá, tudo aconteceu em outro lugar com outros protagonistas. Mas as consequências daquela notícia podem atingir você. O evangelho é o jornal de Deus. A boa notícia é que Deus já resolveu de uma vez para sempre, a questão do pecado, ao condenar Jesus à morte em nosso lugar. O evangelho não diz o que eu devo fazer, mas conta o que Deus fez. 

André sai em busca de sua família, não com uma receita ou lista de coisas que deviam fazer, mas com uma notícia que era boa demais para ficar só com ele. André encontra primeiro seu irmão, Simão, e dispara: "Encontramos o Messias!"

O que acontece em seguida serve de lição para nós. André leva Simão até Jesus e, nesse encontro, Simão ganha um novo nome. Jesus diz a ele: "Você é Simão, filho de João. Será chamado Cefas", que significa pedra, ou Pedro, como costumamos falar. Simples assim. Sem uma lista de coisas para fazer, sem condições, sem maiores delongas. O evangelho apresenta Jesus e diz quem ele é.

No Antigo Testamento há mais de 400 profecias falando do Messias e mais tarde André e Pedro descobririam que todas elas se cumpriam em Jesus, principalmente quando o viram ressuscitado. Hoje nós temos o testemunho completo diante de nós, assim como você tem as manchetes nos jornais avisando das coisas que já aconteceram. Dependendo da notícia que sai no jornal, você pode sofrer consequências graves caso não creia no que ela diz.

Pedro crê na boa notícia e tem um encontro pessoal com Jesus. Filipe, que era da mesma cidade que André e Pedro, também é chamado por Jesus. Depois vai dar a boa notícia a Natanael, mas este duvida de Filipe. Talvez você tenha o mesmo problema de Natanael com respeito a Jesus. Que problema era esse?


O problema de Natanael


Em sua alegria de recém convertido, Filipe vai contar as boas novas a Natanael. Os novos convertidos são os mais apaixonados em evangelizar. Repare, porém, que a mensagem de Filipe não está totalmente correta. Ele diz ter encontrado aquele de quem escreveram Moisés e os profetas, Jesus de Nazaré, filho de José.

Jesus não era de Nazaré, era de Belém, e não era filho biológico de José, mas tinha sido gerado pelo Espírito Santo. Mesmo sem saber tudo sobre Jesus, Filipe é usado por Deus para levar as boas novas. Se você acabou de conhecer o Salvador, não se acanhe achando que só pode falar dele depois de conhecer muito bem a Bíblia. Os sacerdotes estudavam todos os dias as Escrituras e se gabavam de conhecê-las, e mesmo assim crucificaram o Messias. 

Se você se orgulha de sua bagagem e despreza o novo convertido que fala de Jesus de forma capenga e pouco ortodoxa, cuidado, pois o conhecimento ensoberbece. Ajude o novo convertido a entender melhor as Escrituras, como fazem Priscila e Áquila no livro de Atos com o eloquente Apolo, um jovem com muita motivação, porém com pouco conhecimento de Jesus. Você não precisa se dar ao trabalho de desmotivar o novo convertido. Satanás já faz isso.

O problema de Natanael é justamente saber mais do que Filipe, o que o faz agir com desprezo e desdém. Natanael sabe que o Messias deve vir de Belém. "Acaso pode vir alguma coisa boa de Nazaré?", ironiza ele, constrangendo Filipe. Ironia e sarcasmo são atitudes de pessoas que se consideram superiores. Ao usar de seu conhecimento das Escrituras para ridicularizar a mensagem trazida por Filipe, Natanael está, por assim dizer, "cozendo o cabrito no leite da própria mãe". A expressão do Antigo Testamento indicava que aquilo que Deus fez para alimentar os pequeninos nunca deve ser usado para matá-los.

Filipe faz bem em não discutir. Ele simplesmente convida: "Vem e vê". É por aí mesmo. "Provai e vede que o Senhor é bom", diz o Salmo. Experimente crer em Jesus. Natanael aceita o convite e é levado a Jesus, que revela detalhes de seu caráter e diz tê-lo visto sentado sob a figueira. O Senhor sabe quem somos e onde estamos, e isso impressiona Natanael, que passa a chamar Jesus de Mestre, Filho de Deus e Rei de Israel.

Mas não se iluda pensando que um encontro pessoal com Jesus é o final da história. É apenas o começo. "Você creu só porque eu disse que o vi debaixo da figueira?", pergunta Jesus a Natanael. Jesus garante que Natanael verá coisas ainda maiores, como o próprio céu aberto. O céu aberto é a visão reservada a todo aquele que crê em Jesus, e será também a sua expectativa se você crer nele. Ao incrédulo, porém, só lhe resta esperar por uma cova aberta e pelo abismo aberto ao sair desta vida.

_________________
Ricardo Mendes

Ricardo Mendes

Mensagens : 230
Pontos : 572
Data de inscrição : 23/11/2014
Idade : 54
Localização : rj

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum