NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
Janeiro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário Calendário

Quem está conectado
58 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 58 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4298 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Amílcar Pona

Os nossos membros postaram um total de 30125 mensagens em 13048 assuntos

FALSOS ADORADORES (FALSOS IRMÃOS)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

FALSOS ADORADORES (FALSOS IRMÃOS)

Mensagem por Lourival soldado cristão em 19th Setembro 2015, 6:04 pm

FALSOS ADORADORES (FALSOS IRMÃOS)


O Senhor diz: "Esse povo se aproxima de mim com a boca e me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. A adoração que me prestam é feita só de regras ensinadas por homens” Is 29.13. No original latino (Septuaginta) o mesmo texto diz: “Em vão me adoram, seus ensinamentos não passam de regras ensinadas por homens”.


Qual definição de Adoração?


Adoração vem da palavra hebraica shachah, traduzida significa
prostrar-se, e refere-se a uma atitude interior do adorador e não somente o ato de se prostrar em terra. Adoração envolve também Fé em Deus, Obediência a Deus e o ato de Doar-se a Deus.


Mas o objeto desta reflexão não é discursar sobre o tema adoração, mas sim, sobre os tipos de adoradores (ou falsos adoradores).


Estive ontem em uma reunião em determina denominação e fiquei pasmo com as atitudes de certas pessoas que se descrevem como “servos de Deus”, mas que verdadeiramente nem conhecem o significado da palavra “servo”, muito menos “de Deus”.


Sim, essa reflexão é também uma crítica, já deu para perceber, não é?



Então, esses determinados “servos de Deus”, vão à igreja, se comportam como perfeitos cristãos (em trajes e atitudes, digno de nota), transparecem estarem cheios da glória de Deus, “recebem a manifestação do Espírito Santo” (ou de algum outro espírito), e tudo parece certo. Até aí tudo bem. Mas quando saem da Igreja, porta à fora... Deus que nos guarde!


Lembre-se do texto de Isaías 29.13 – “seu coração está longe de mim”.


Essas pessoas quando estão fora da Igreja se tornam tão imundos e tão indignos da presença de Deus que chega dar medo... planejam a queda de seu irmão, espalham mentiras, andam em busca de pessoas para transmitir a sua “fofoquinha santa” e destruir pessoas que estão verdadeiramente servindo a Deus, mas o ciúme e a inveja do sucesso de outrem é uma tentação muito forte para suportar. Dedicam tempo para derrotar o humilde, tramam até na justiça dos homens como prejudicar aquela ou aquele irmão, mas não cuidam nem sequer de sua própria casa, não tem a mínima noção do que seus filhos andam fazendo e vendo na internet, nem sabem o que fazem quando saem com seus amigos ou estão sozinhos em casa. Possuem filmes pornográficos dentro de seus próprios lares e ainda se prestam a comprar revistas Playboy para seus filhos adolescentes e batizados na igreja. E aí? São crentes? Sim, e ainda a “santidade” é um traço característico deles (somente uma fachada). Sobem ao púlpito santo da igreja para dizer “ – eu jamais... eu nunca fiz isso ou aquilo” e ainda emocionam a multidão com suas historinhas. Uma cara de pau de querer se justificar. Possuem um poder de persuasão e uma capacidade de mentir fantástica, capaz de mentir olhando nos olhos de pessoas que sabem a verdade. São legalistas do “inferno”, filhos do diabo. Querem estar por dentro das regras humanas, não importa que venda sua alma para o diabo (fazendo alianças com demônios), e como esse aí (o pai da mentira) sabe representar muito bem..., digno é de salientar que se ele freqüentasse nossos cultos, poderíamos tê-lo como um crente verdadeiro, exemplar sem sombra de dúvidas... e talvez ninguém pudesse discernir a presença dele.



Assim tem sido muitos chamados cristãos, “Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães; Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia; Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem” Romanos 1.29-32.   Mas, são legalistas, freqüentam os cultos, tomam a ceia, não contrariam as autoridades pastorais, mas fazem as coisas de seu próprio modo e ainda dizem “aqui o pastor não manda nada!!!”; jamais conheceram o significado de conversão, porque jamais deixaram Cristo controlar seus corações. Com suas políticas sujas e suas jogadas “espertas” conseguem encenar um sucesso “abençoado por Deus” que não tem nada a ver com Deus. Deus não tem parte nesse negócio!


Mas você pode me perguntar: qual missão dessas pessoas então?


Eles objetivam extrair do simples de coração tudo que puderem. Usar da boa fé e ingenuidade de todos possíveis e com isso alcançar suas metas de sucesso (subindo nas costas dos ditos ingênuos). Mas tem uma condição: não se pode parar de encenar jamais. Tem que manter o teatro. Não podem cair em descrédito ou má fama, é preciso sustentar o teatro o quanto for possível e não importa quantas pessoas tenham que tirar do caminho para manter essa encenação.


Mas eu tenho uma notícia para esses falsos crentes e falsos profetas: A Deus não é possível enganar, nem mentir, nem jogar com o nome d’Ele. A tenda do grande teatro vai cair (já está caindo), e vai chegar a hora que a ninguém mais enganarão. Chegará a hora que Deus irá vingar a ingenuidade e a simplicidade de seus servos genuínos traídos. A vingança e a justiça são de Deus, não dos homens (menos pior seria se fosse dos homens).


Enfim, desejo que o meu leitor entenda que devemos buscar um relacionamento sincero com Deus, não enganando a nós mesmos, menos ainda tentando enganar Deus, mas buscando uma adoração verdadeira, regada pelo Espírito de Deus, com um prostrar-se interior, coração compungido, conforme orienta o Salmista Davi: “Não te deleitas em sacrifícios nem te agradas em holocaustos, se não eu os traria. Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás”.


O preço para quem brinca com a presença de Deus é muito caro.  Mil vezes seja enfrentar o juízo dos homens que cair na santa justiça divina.



Que Deus vos abençoe!



"Por que você se vangloria do mal e de ultrajar a Deus continuamente? Ó homem poderoso! Sua língua trama destruição; é como navalha afiada, cheia de engano. Você prefere o mal ao bem, a falsidade, em lugar da verdade. 

Você ama toda palavra maldosa, ó língua mentirosa! Saiba que Deus o arruinará para sempre: ele o agarrará e o arrancará da sua tenda; ele o desarraigará da terra dos vivos. 

Os justos verão isso e temerão; rirão dele, dizendo: "Veja só o homem que rejeitou a Deus como refúgio; confiou em sua grande riqueza e buscou refúgio em sua maldade!" Mas eu sou como uma oliveira que floresce na casa de Deus; confio no amor de Deus para todo o sempre. Para sempre te louvarei pelo que fizeste; na presença dos teus fiéis proclamarei o teu nome, porque tu és bom".  Salmo 52



Alan Chiamenti Machado

Autorizada reprodução com os devidos créditos
avatar
Lourival soldado cristão

Mensagens : 11180
Pontos : 24680
Data de inscrição : 23/12/2009
Idade : 60
Localização : Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FALSOS ADORADORES (FALSOS IRMÃOS)

Mensagem por Profeta ccb em 21st Setembro 2015, 7:34 am

Lourival soldado cristão escreveu:

FALSOS ADORADORES (FALSOS IRMÃOS)




O Senhor diz: "Esse povo se aproxima de mim com a boca e me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. A adoração que me prestam é feita só de regras ensinadas por homens” Is 29.13. No original latino (Septuaginta) o mesmo texto diz: “Em vão me adoram, seus ensinamentos não passam de regras ensinadas por homens”.

Qual definição de Adoração?

Adoração vem da palavra hebraica shachah, traduzida significa
prostrar-se, e refere-se a uma atitude interior do adorador e não somente o ato de se prostrar em terra. Adoração envolve também Fé em Deus, Obediência a Deus e o ato de Doar-se a Deus.

Mas o objeto desta reflexão não é discursar sobre o tema adoração, mas sim, sobre os tipos de adoradores (ou falsos adoradores).

Estive ontem em uma reunião em determina denominação e fiquei pasmo com as atitudes de certas pessoas que se descrevem como “servos de Deus”, mas que verdadeiramente nem conhecem o significado da palavra “servo”, muito menos “de Deus”.

Sim, essa reflexão é também uma crítica, já deu para perceber, não é?


Então, esses determinados “servos de Deus”, vão à igreja, se comportam como perfeitos cristãos (em trajes e atitudes, digno de nota), transparecem estarem cheios da glória de Deus, “recebem a manifestação do Espírito Santo” (ou de algum outro espírito), e tudo parece certo. Até aí tudo bem. Mas quando saem da Igreja, porta à fora... Deus que nos guarde!

Lembre-se do texto de Isaías 29.13 – “seu coração está longe de mim”.

Essas pessoas quando estão fora da Igreja se tornam tão imundos e tão indignos da presença de Deus que chega dar medo... planejam a queda de seu irmão, espalham mentiras, andam em busca de pessoas para transmitir a sua “fofoquinha santa” e destruir pessoas que estão verdadeiramente servindo a Deus, mas o ciúme e a inveja do sucesso de outrem é uma tentação muito forte para suportar. Dedicam tempo para derrotar o humilde, tramam até na justiça dos homens como prejudicar aquela ou aquele irmão, mas não cuidam nem sequer de sua própria casa, não tem a mínima noção do que seus filhos andam fazendo e vendo na internet, nem sabem o que fazem quando saem com seus amigos ou estão sozinhos em casa. Possuem filmes pornográficos dentro de seus próprios lares e ainda se prestam a comprar[url=#54700687] revistas[/url] Playboy para seus filhos adolescentes e batizados na igreja. E aí? São crentes? Sim, e ainda a “santidade” é um traço característico deles (somente uma fachada). Sobem ao púlpito santo da igreja para dizer “ – eu jamais... eu nunca fiz isso ou aquilo” e ainda emocionam a multidão com suas historinhas. Uma cara de pau de querer se justificar. Possuem um poder de persuasão e uma capacidade de mentir fantástica, capaz de mentir olhando nos olhos de pessoas que sabem a verdade. São legalistas do “inferno”, filhos do diabo. Querem estar por dentro das regras humanas, não importa que venda sua alma para o diabo (fazendo alianças com demônios), e como esse aí (o pai da mentira) sabe representar muito bem..., digno é de salientar que se ele freqüentasse nossos cultos, poderíamos tê-lo como um crente verdadeiro, exemplar sem sombra de dúvidas... e talvez ninguém pudesse discernir a presença dele.


Assim tem sido muitos chamados cristãos, “Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães; Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia; Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem” Romanos 1.29-32.   Mas, são legalistas, freqüentam os cultos, tomam a ceia, não contrariam as autoridades pastorais, mas fazem as coisas de seu próprio modo e ainda dizem “aqui o pastor não manda nada!!!”; jamais conheceram o significado de conversão, porque jamais deixaram Cristo controlar seus corações. Com suas políticas sujas e suas jogadas “espertas” conseguem encenar um sucesso “abençoado por Deus” que não tem nada a ver com Deus. Deus não tem parte nesse negócio!

Mas você pode me perguntar: qual missão dessas pessoas então?

Eles objetivam extrair do simples de coração tudo que puderem. Usar da boa fé e ingenuidade de todos possíveis e com isso alcançar suas metas de sucesso (subindo nas costas dos ditos ingênuos). Mas tem uma condição: não se pode parar de encenar jamais. Tem que manter o teatro. Não podem cair em descrédito ou má fama, é preciso sustentar o teatro o quanto for possível e não importa quantas pessoas tenham que tirar do caminho para manter essa encenação.

Mas eu tenho uma notícia para esses falsos crentes e falsos profetas: A Deus não é possível enganar, nem mentir, nem jogar com o nome d’Ele. A tenda do grande teatro vai cair (já está caindo), e vai chegar a hora que a ninguém mais enganarão. Chegará a hora que Deus irá vingar a ingenuidade e a simplicidade de seus servos genuínos traídos. A vingança e a justiça são de Deus, não dos homens (menos pior seria se fosse dos homens).

Enfim, desejo que o meu leitor entenda que devemos buscar um relacionamento sincero com Deus, não enganando a nós mesmos, menos ainda tentando enganar Deus, mas buscando uma adoração verdadeira, regada pelo Espírito de Deus, com um prostrar-se interior, coração compungido, conforme orienta o Salmista Davi: “Não te deleitas em sacrifícios nem te agradas em holocaustos, se não eu os traria. Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás”.

O preço para quem brinca com a presença de Deus é muito caro.  Mil vezes seja enfrentar o juízo dos homens que cair na santa justiça divina.


Que Deus vos abençoe!



"Por que você se vangloria do mal e de ultrajar a Deus continuamente? Ó homem poderoso! Sua língua trama destruição; é como navalha afiada, cheia de engano. Você prefere o mal ao bem, a falsidade, em lugar da verdade. 

Você ama toda palavra maldosa, ó língua mentirosa! Saiba que Deus o arruinará para sempre: ele o agarrará e o arrancará da sua tenda; ele o desarraigará da terra dos vivos. 

Os justos verão isso e temerão; rirão dele, dizendo: "Veja só o homem que rejeitou a Deus como refúgio; confiou em sua grande riqueza e buscou refúgio em sua maldade!" Mas eu sou como uma oliveira que floresce na casa de Deus; confio no amor de Deus para todo o sempre. Para sempre te louvarei pelo que fizeste; na presença dos teus fiéis proclamarei o teu nome, porque tu és bom".  Salmo 52



Alan Chiamenti Machado

Autorizada reprodução com os devidos créditos
PAZ A TODOS,
SE JULGAM DONO, E QUEREM FAZER TODO GOSTO PESSOAL, DE UM CLIC ABAIXO, TEM UM DIACONO TAMBEM:
http://oulorivallanforumeir.77forum.com/t6499-e-possivel-vir-uma-pregacao-no-pulpito-pela-carne?highlight=CARNE

_________________
[size=16]Homem  CCB[/size]

Profeta ccb

Mensagens : 359
Pontos : 494
Data de inscrição : 28/09/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum