NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Uma feliz quinta feira a todos na Paz de Deus.
Hoje à(s) 7:12 am por Paulino

» Uma feliz quarta feira a todos na Paz de Deus.
Ontem à(s) 7:18 am por Paulino

» Uma feliz terça feira a todos na Paz de Deus.
27th Junho 2017, 7:03 am por Paulino

» O crente não peca?
25th Junho 2017, 12:16 pm por Admin

» Um feliz domingo a todos na Paz de Deus.
25th Junho 2017, 7:29 am por Paulino

» Filho Pródigo
24th Junho 2017, 9:59 am por Leo2017

» Um feliz sábado a todos na Paz de Deus.
24th Junho 2017, 7:11 am por Paulino

» Uma feliz sexta feira a todos na Paz de Deus.
23rd Junho 2017, 7:19 am por Paulino

» Uma feliz terça feira a todos na Paz de Deus.
20th Junho 2017, 7:27 am por Paulino

Junho 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

Quem está conectado
69 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 69 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4252 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de AmberLuk

Os nossos membros postaram um total de 29605 mensagens em 12547 assuntos

Persisti em buscar primeiro o Reino’

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Persisti em buscar primeiro o Reino’

Mensagem por Lourival soldado cristão em 27th Maio 2016, 10:04 pm

Persisti em buscar primeiro o Reino’
1. (a) Por que Jesus exortou seus ouvintes a buscar primeiro o Reino? (b) O que devemos perguntar a nós mesmos?
MAIS de 1.900 anos atrás, num discurso na Galiléia, Jesus exortou seus ouvintes: ‘Persisti em buscar primeiro o reino e a justiça de Deus.’ Mas por que havia essa necessidade naquele tempo? O dia de Cristo receber o poder do Reino não estava muitos séculos à frente? Sim, mas o Reino Messiânico seria o meio pelo qual Jeová vindicaria a sua soberania e cumpriria seu grandioso propósito para com a Terra. Todo aquele que realmente entendesse a importância dessas coisas colocaria o Reino em primeiro lugar na vida. Se foi assim no primeiro século, quanto mais agora, que Cristo já está empossado como Rei! De modo que a pergunta é: Mostra o meu modo de vida que estou colocando em primeiro lugar o Reino de Deus? — Mateus 6:33.
2. Que coisas as pessoas em geral buscam avidamente?
Hoje, milhões de pessoas em todo o mundo estão realmente colocando o Reino em primeiro lugar. Tendo-se dedicado a Jeová, demonstram seu apoio ao governo do Reino por centralizarem a sua vida em fazer a vontade divina. Por outro lado, a vasta maioria da humanidade está interessada em buscar coisas seculares. As pessoas correm atrás do dinheiro e dos bens e prazeres que o dinheiro pode comprar. Ou concentram suasenergias em promover a sua carreira. Seu estilo de vida reflete uma preocupação consigo mesmo, com coisas materiais e prazeres. Colocam Deus em segundo plano, se é que acreditam nele. — Mateus 6:31, 32.
3. (a) Que tipo de tesouros Jesus incentivou seus discípulos a buscar, e por quê? (b) Por que não é preciso ficar preocupado demais com coisas materiais?
A seus discípulos, porém, Jesus aconselhou: “Parai de armazenar para vós tesouros na terra”, visto que nenhum desses bens é eterno. “Antes”, disse ele, “armazenai para vós tesouros no céu”, por servir a Jeová. Jesus exortou seus seguidores a manter os olhos ‘singelos’, concentrando interesse e energia em fazer a vontade de Deus. “Não podeis trabalhar como escravos para Deus e para as Riquezas”, disse-lhes. Mas que dizer das necessidades materiais — alimento, roupa e abrigo? “Parai de estar ansiosos”, aconselhou Jesus. Ele chamou atenção às aves — Deus as alimenta. E incentivou seus seguidores a tirar uma lição das flores — Deus as veste. Não valem os servos humanos inteligentes de Jeová muito mais do que aves ou flores? “Persisti, pois, em buscar primeiro o reino e a Sua justiça”, disse Jesus, “e todas essas outras coisas [necessárias] vos serão acrescentadas”. (Mateus 6:19-34) Mostram suas ações que você acredita nisso?
Não sufoque a verdade do Reino
4. O que poderá acontecer se alguém der importância demais às coisas materiais?
É correto preocupar-se com o necessário sustento pessoal e da família. No entanto, preocupar-se demais com as coisas materiais pode ser desastroso. Mesmo que diga crer no Reino, se no coração a pessoa der primazia a outras coisas, a verdade do Reino será sufocada. (Mateus 13:18-22) Por exemplo, certa vez um jovem governante rico perguntou a Jesus: “Que tenho de fazer para ganhar a vida eterna?” Ele levava uma vida de boa moral e tratava bem os outros, mas se apegava demais aos bens materiais. Não conseguia livrar-se deles para se tornar seguidor de Cristo. Com isso ele perdeu uma oportunidade de estar com Cristo no Reino celestial. Jesus disse então: “Quão difícil será para os de dinheiro entrar no reino de Deus!” — Marcos 10:17-23.
5. (a) Paulo incentivou Timóteo a ficar contente com que coisas, e por quê? (b) Como Satanás usa “o amor ao dinheiro” como armadilha destrutiva?
Anos depois, o apóstolo Paulo escreveu a Timóteo, que estava em Éfeso, um próspero centro comercial. Paulo lembrou-lhe: “Não trouxemos nada ao mundo, nem podemos levar nada embora. Assim, tendo sustento e com que nos cobrir, estaremos contentes com estas coisas.” Trabalhar a fim de obter o ‘sustento e com que se cobrir’ para si mesmo e para a família é apropriado. Mas Paulo alertou: “Os que estão resolvidos a ficar ricos caem em tentação e em laço, e em muitos desejos insensatos e nocivos, que lançam os homens na destruição e na ruína.” Satanás é sutil. De início, talvez tente a pessoa em coisas pequenas. Daí podem vir pressões maiores, como uma oportunidade de promoção ou de um emprego mais bem remunerado, mas que demande tempo que antes era usado em assuntos espirituais. Se nos descuidarmos, “o amor ao dinheiro” poderá sufocar os muito mais importantes interesses do Reino. Paulo disse: “Alguns, por procurarem alcançar este amor, foram desviados da fé e se traspassaram todo com muitas dores.” — 1 Timóteo 6:7-10.
6. (a) Para não sermos enlaçados pelo materialismo, o que temos de fazer? (b) Que confiança podemos ter apesar da atual situação econômica mundial?
Por amor genuíno a seu irmão cristão Timóteo, Paulo o exortou: “Foge destas coisas” e “trava a luta excelente da fé”. (1 Timóteo 6:11, 12) É preciso esforço sério para não sermos arrastados pelo modo de vida materialista do mundo que nos cerca. Mas, se nos esforçarmos em harmonia com a nossa fé, Jeová jamais nos abandonará. Apesar do elevado custo de vida e do amplo desemprego, ele cuidará de que tenhamos o que realmente precisamos. Paulo escreveu: “Vossa maneira de viver esteja livre do amor ao dinheiro, ao passo que estais contentes com as coisas atuais. Pois [Deus] disse: ‘De modo algum te deixarei e de modo algum te abandonarei.’ Para que tenhamos boa coragem e digamos: ‘Jeová é o meu ajudador; não terei medo. Que me pode fazer o homem?’ ” (Hebreus 13:5, 6) E o Rei Davi escreveu: “Eu era moço, também fiquei velho, e, no entanto, não vi nenhum justo completamente abandonado, nem a sua descendência procurando pão.” — Salmo 37:25.
Os primeiros discípulos estabeleceram um padrão
7. Que instruções sobre pregação Jesus deu aos seus discípulos, e por que eram apropriadas?
Depois de ter dado um bom treinamento a seus apóstolos, Jesus os enviou a Israel para pregar as boas novas e declarar: “O reino dos céus se tem aproximado.” Que mensagem emocionante! Jesus Cristo, o Rei Messiânico, estava no meio deles. Visto que os apóstolos se dedicavam ao serviço de Deus, Jesus os exortou a ter confiança de que Deus cuidaria deles. De modo que ele disse: “Não leveis nada para a viagem, nem bastão, nem alforje, nem pão, nem dinheiro de prata; tampouco tenhais duas peças de roupa interior. Mas, onde quer que entrardes num lar, ficai ali e parti dali.” (Mateus 10:5-10; Lucas 9:1-6) Jeová cuidaria de que as necessidades deles fossem atendidas pelos seus compatriotas, que normalmente eram hospitaleiros com os estranhos.
8. (a) Por que pouco antes de sua morte Jesus deu instruções diferentes sobre a pregação? (b) Qual ainda devia ser a prioridade na vida dos seguidores de Jesus?
Mais tarde, pouco antes de sua morte, Jesus alertou seus apóstolos de que, no futuro, eles trabalhariam sob circunstâncias mudadas. Por causa da oposição oficial às suas atividades, talvez não fossem tratados com tanta hospitalidade em Israel. Além disso, logo estariam levando a mensagem do Reino a países gentios. Nessas circunstâncias, eles deviam levar uma “bolsa” e um “alforje”. Mas, mesmo assim, deviam persistir em colocar em primeiro lugar o Reino de Jeová e a sua justiça, confiando que Deus abençoaria seus esforços de obter o sustento. — Lucas 22:35-37.
9. De que modo Paulo dava prioridade ao Reino ao mesmo tempo em que cuidava de seu sustento, e que conselho deu nesse respeito?
O apóstolo Paulo foi um belo exemplo em aplicar o conselho de Jesus. A sua vida girava em torno do ministério. (Atos 20:24, 25) Quando ia pregar em certa região ele cuidava de seu próprio sustento, até mesmo fabricando tendas. Não esperava que outros o sustentassem. (Atos 18:1-4; 1 Tessalonicenses 2:9) No entanto, de bom grado aceitava hospitalidade e outras dádivas como formas de expressão de amor. (Atos 16:15, 34;Filipenses 4:15-17) Paulo incentivou os cristãos a não negligenciarem suas obrigações familiares a fim de pregar, mas sim a equilibrar as várias responsabilidades. Ele os aconselhou a trabalhar, a amar a família e a ser generosos com outros. (Efésios 4:28;2 Tessalonicenses 3:7-12) Exortou-os a confiar em Deus e não nos bens materiais, e a mostrar pelo seu modo de vida que realmente sabiam quais eram as coisas mais importantes. Segundo os ensinos de Jesus, isso significava colocar o Reino e a justiça de Deus em primeiro lugar. — Filipenses 1:9-11.
Dê prioridade ao Reino
10. O que significa buscar primeiro o Reino?
10 Até que ponto participamos pessoalmente na transmissão das boas novas do Reino? Isso depende, em parte, de nossas circunstâncias e da intensidade de nosso apreço. Lembre-se de que Jesus não disse ‘busque o Reino quando você não tiver nada para fazer’. Sabendo da importância do Reino, ele expressou a vontade do Pai, dizendo: “Buscai continuamente o seu reino.” (Lucas 12:31) Embora a maioria de nós precise trabalhar para o sustento pessoal e o da família, se tivermos fé, a nossa vida girará em torno da obra do Reino da qual Deus nos encarregou. Ao mesmo tempo, cuidaremos de nossas responsabilidades familiares. — 1 Timóteo 5:8.
11. (a) Como Jesus ilustrou que nem todos poderiam ter uma participação igual na divulgação da mensagem do Reino? (b) Que fatores podem determinar quanto cada um pode fazer?
11 Alguns dentre nós podem dedicar mais tempo do que outros à pregação das boas novas do Reino. Mas na sua parábola dos vários tipos de solo, Jesus mostrou que todos os de coração comparável a solo excelente produziriam frutos. Em que quantidade? As circunstâncias pessoais variam. Idade, saúde e responsabilidades familiares são alguns dos fatores. No entanto, havendo apreço genuíno, muito pode ser realizado. — Mateus 13:23.
12. Em que salutar alvo espiritual em especial os jovens são incentivados a pensar?
12 É bom ter alvos que nos ajudem a aumentar a nossa participação no ministério do Reino. Os jovens devem pensar seriamente no belo exemplo do zeloso jovem cristão Timóteo. (Filipenses 2:19-22) Haveria algo mais excelente para eles do que ingressar no ministério de tempo integral depois de terminarem os estudos? Os de mais idade também se beneficiarão de estabelecer alvos espirituais salutares.
13. (a) Quem decide o que pessoalmente podemos fazer no serviço do Reino? (b) Se realmente colocarmos o Reino em primeiro lugar, o que provaremos?
13 Em vez de criticar os que achamos que poderiam fazer mais, devemos ser motivados pela fé a trabalhar pelo aprimoramento pessoal, para servirmos a Deus ao máximo que as nossas circunstâncias permitem. (Romanos 14:10-12; Gálatas 6:4, 5) Como mostra o caso de Jó, Satanás afirma que a nossa principal preocupação são os bens materiais, o nosso próprio conforto e bem-estar, e que servimos a Deus por interesse. Mas, se realmente colocarmos o Reino em primeiro lugar, contribuiremos para provar que o Diabo é mesmo um tremendo mentiroso. Evidenciaremos que a coisa principal na nossa vida é servir a Deus. Assim, por meio de palavras e ações, provaremos nosso profundo amor a Jeová, nosso apoio leal à sua soberania e nosso amor ao próximo. — Jó 1:9-11;2:4, 5; Provérbios 27:11.
14. (a) Por que é proveitoso ter uma programação para o ministério de campo? (b) Que medida de participação no ministério de campo têm muitas Testemunhas de Jeová?
14 Ter uma programação pode nos ajudar a realizar mais do que de outro modo faríamos. O próprio Jeová tem um “tempo designado” para a realização de seu propósito. (Êxodo 9:5; Marcos 1:15) Se possível, é bom participar semanalmente no ministério de campo em uma ou mais ocasiões reservadas para isso. Centenas de milhares de Testemunhas de Jeová ao redor do mundo trabalham como pioneiros auxiliares, dedicando cerca de duas horas por dia à pregação das boas novas. Outras centenas de milhares são pioneiros regulares, trabalhando cerca de duas horas e meia por dia na divulgação da mensagem do Reino. Pioneiros especiais e missionários dedicam ainda mais tempo ao serviço do Reino. Podemos também falar informalmente sobre a esperança do Reino a todos os dispostos a ouvir. (João 4:7-15) Nosso desejo deve ser participar nessa obra ao máximo que as nossas circunstâncias permitem, pois Jesus predisse: “Estas boas novas do reino serão pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações; e então virá o fim.” — Mateus 24:14; Efésios 5:15-17.
15. Com relação ao nosso ministério, por que você acha que o conselho em 1 Coríntios 15:58 é oportuno?
15 Em união, em todas as partes da Terra, independentemente da nação em que vivem, as Testemunhas de Jeová participam nesse privilégio de serviço. Elas aplicam a si mesmas o inspirado conselho bíblico: “Tornai-vos constantes, inabaláveis, tendo sempre bastante para fazer na obra do Senhor, sabendo que o vosso labor não é em vão em conexão com o Senhor.” — 1 Coríntios 15:58.http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1102002071

_________________
http://igrejacristaavivada.org/

avatar
Lourival soldado cristão

Mensagens : 11151
Pontos : 24597
Data de inscrição : 23/12/2009
Idade : 59
Localização : Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum