NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Maio 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário Calendário

Quem está conectado
73 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 73 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4155 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de LuisaTho

Os nossos membros postaram um total de 29539 mensagens em 12484 assuntos

Saulo Matou Cristãos?

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Saulo Matou Cristãos?

Mensagem por Lourival soldado cristão em 7th Fevereiro 2017, 6:25 pm


Viviane Sonembergue pergunta:

Paulo ao perseguir a Igreja de Cristo na terra, também matou ou somente consentiu?


Existem alguns versículos em Atos que me deixaram com uma certa dúvida. Desejo saber se existe algum estudo mais detalhado que possa me responder essa pergunta.  


 
RESPOSTA:

Comecemos apresentando alguns versículos que abordam o tema:

E Saulo assolava a igreja, entrando pelas casas; e, arrastando homens e mulheres, os encerrava na prisão. Atos 8:3

E Saulo, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote. Atos 9:1

E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas capas aos pés de um jovem chamado Saulo. Atos 7:58

E também Saulo consentiu na morte dele. E fez-se naquele dia uma grande perseguição contra a igreja que estava em Jerusalém; e todos foram dispersos pelas terras da Judéia e de Samaria, exceto os apóstolos. Atos 8:1

Porque eu sou o menor dos apóstolos, que não sou digno de ser chamado apóstolo, pois que persegui a igreja de Deus. 1 Coríntios 15:9

Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível. Filipenses 3:6

E, castigando-os muitas vezes por todas as sinagogas, os obriguei a blasfemar. E, enfurecido demasiadamente contra eles, até nas cidades estranhas os persegui. Atos 26:11

Mesmo não havendo nenhum versículo no N.T. que afirme claramente que Saulo tirou a vida de algum cristão com as próprias mãos, todos os que tratam do assunto demonstram que a perseguição que fez à Igreja era violenta. 

Vejamos:

  • Consentia na morte dos crentes;
  • Obrigava-os a blasfemar contra Cristo;
  • Castigava-os;
  • Colocava-os na prisão;
  • Invadia as igrejas que estavam nas casas.


                Ainda há outras expressões que elucidam que as intenções de Saulo era exterminar os cristãos em nome de Deus, julgando está prestando um serviço verdadeiro a Ele (Jesus profetizou isso: "Expulsar-vos-ão das sinagogas; vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus." João 16:2):


  • Respirava ameaças e mortes;
  • Afirmou está empenhado nisso com grande zelo;
  • Estava enfurecido contra eles.


                A autoridade de Saulo para fazer tudo isso estava dentro da lei da época. Ele era um membro do Sinédrio , e deste, tinha carta de permissão para agir como estava agindo. É claro que este é um exemplo claro de justiça humana contrária à Lei de Deus. É bom lembrar que membros do Sinédrio não podiam tirar a vida de outra pessoa. Mesmo assim, Saulo era responsável por todas as mortes e outros sofrimentos causados aos cristãos por determinação de sua ordem.

 Segundo o comentarista bíblico aposentado Bob Utley, é provável que Saulo tenha ficado impressionado com o discurso de Estevão, e desde a ocasião do seu martírio, se viu lutando contra os cristãos por está lutando contra suas próprias dúvidas. Utley também comenta a violência de Saulo:

                “trazendo para fora homens e mulheres” esse é um VERBO que é usado para Satanás varrendo um terço das estrelas do céu em Apocalipse 12:4. É usado diversas vezes em Atos (cf. 8:3; 14:19; 17:6). Saulo era cruel em sua perseguição (cf. 26:10). Isso é evidenciado pela frase “tanto homens quanto mulheres”. Ele apartou famílias de crentes sinceros, tendo aprisionado alguns e até mesmo matado outros. É por isso que mais tarde ele chama a si mesmo de “o menor dentre os santos” (cf. 9:1,13,21; 22:4,19; 26:10,11; I Cor. 15:9; Gal. 1:13;23; I Tim. 1:13). (UTLEY, Bob - Você Pode Entender a Bíblia – Lucas, o Historiador, p. 121, Lições Bíblicas Internacionais).
               
Depois de sua conversão Saulo, agora chamado Paulo, traria sempre à memória este grande pecado que marcou sua vida. Ele considerava a atitude de Cristo em perdoá-lo um dos maiores exemplos da graça de Deus disponível ao pecador.
"E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ministério;
           A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade.
            E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo.
Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.
         Mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, que sou o principal, Jesus Cristo mostrasse toda a sua longanimidade, para exemplo dos que haviam de crer nele para a vida eterna."
1 Timóteo 1:12-16
                Podemos avaliar a perseguição de Saulo aos servos de Cristo por pelo menos quatro ângulos diferentes:
1.   Do ponto de vista dos cristãos ele era um assassino cruel e perigoso. A pessoa-chave naquele momento particular de morte e dor do povo de Deus; 

2.    Do ponto de vista dos religiosos ele era símbolo da força do judaísmo. O representante ideal dos Fariseus na contínua luta que começou contra Cristo e agora se estendia a seus discípulos; 

3.    Do ponto de vista do próprio Saulo ele era um instrumento de Deus. Cria que deveria defender os princípios da Lei de Moisés contra uma “heresia” ameaçadora;  

4.Do ponto de vista de Deus ele perseguia ao próprio Cristo, mas estava escolhido desde o ventre de sua mãe para ser um Apóstolo aos gentios.

              Por fim, o que podemos tirar de grande lição da experiência de Paulo é exatamente o que ele mesmo aprendeu sobre Cristo. Jesus Cristo é gracioso, e veio buscar até o mais terrível pecador quando este se mostra arrependido aos pés do  Cordeiro.

QUEM RESPONDEU:

Missionário: Reginaldo Alves dos Santos     http://pergunteabiblia.blogspot.com.br/2013/07/saulo-matou-cristaos.html

_________________
http://igrejacristaavivada.org/

avatar
Lourival soldado cristão

Mensagens : 11144
Pontos : 24576
Data de inscrição : 23/12/2009
Idade : 59
Localização : Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum