NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» EDVALDO OLIVEIRA DEFENDENDO AS PERVERSÕES DOUTRINÁRIAS
Ontem à(s) 6:59 pm por Jahyr

» Ajuda Motivo Doença
21st Setembro 2017, 10:02 pm por Tiago de Paula

» CCB FRUTO DO ESPÍRITO OBRAS DA CARNE VOCÊ ESCOLHE
21st Setembro 2017, 10:04 am por Jahyr

» CCB - Somos servos inúteis ou somos servos muito úteis ao Senhor Parte 2
21st Setembro 2017, 9:22 am por Jahyr

» CCB - Coroa da vida eterna - Parte 1
21st Setembro 2017, 8:46 am por Jahyr

» CCB - Coroa da vida eterna Parte 3
21st Setembro 2017, 8:37 am por Jahyr

» CCB - Coroa da vida eterna Parte 4
21st Setembro 2017, 8:22 am por Jahyr

» CCB - Renato Bonfim pergunta quem são os que sairam de nós?
21st Setembro 2017, 6:43 am por Jahyr

» CCB - O SENHOR JESUS É CONTRADITÓRIO NO SEU ENSINO? PARTE 2
21st Setembro 2017, 6:37 am por Jahyr

Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

Quem está conectado
64 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 64 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4281 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Tiago de Paula

Os nossos membros postaram um total de 29982 mensagens em 12915 assuntos

É difícil avaliar honestamente seu próprio pecado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

É difícil avaliar honestamente seu próprio pecado

Mensagem por Lourival soldado cristão em 15th Março 2012, 1:34 pm

É difícil avaliar honestamente seu próprio pecado


Naturalmente é muito difícil
avaliar honestamente o nosso próprio pecado. Mas, se estivermos
realmente preocupados com isso, se formos rígidos...












É difícil avaliar honestamente seu próprio pecado



Naturalmente é muito difícil avaliar honestamente o
nosso próprio pecado. Mas, se estivermos realmente preocupados com
isso, se formos rígidos e sondarmos totalmente o nosso coração, podemos,
na maioria das vezes, descobrir o pecado no íntimo. As pessoas que
querem agradar e obedecer a Deus, com toda luz que desfrutamos,
certamente, não precisam continuar nos caminhos pecaminosos por causa da
ignorância.

É verdade que o nosso coração é muito enganoso. Mas Deus, em sua
santa palavra, nos deu luz suficiente para o estado de trevas em que nos
encontramos. Por meio do cuidado e da averiguação, podemos conhecer
nossas responsabilidades espirituais e saber se estamos vivendo em algum
caminho mau. Todo aquele que tem algum amor a Deus ficará grato pela
ajuda bíblica nesta questão. Tais pessoas estão preocupadas em andar em
todas as coisas que Deus queria que andassem, como agradá-lo e honrá-lo.
Se a vida delas, de alguma maneira, ofende a Deus, terão prazer em
saber disso e de maneira nenhuma optam por ocultar de si mesmas o
próprio pecado.

Também, aquele que pergunta com sinceridade, O que eu devo fazer para
ser salvo? irá querer identificar o pecado em sua vida, já que é o
pecado o que separa de Cristo.

Há duas maneiras pelas quais chegamos ao conhecimento do nosso pecado:

Conhecimento da Lei de Deus. Se você deseja saber se vive em pecado
desconhecido, deve familiarizar-se totalmente com o que Deus quer de
você. Na Bíblia, Deus nos deu normas perfeitas e verdadeiras pelas quais
devemos andar. Ele expressou seus preceitos clara e fartamente, assim,
somos capazes de saber — a despeito das nossas trevas e desvantagens
espirituais — exatamente o que ele requer de nós. Que revelação da mente
divina completa e abundante temos nas Escrituras! Quão clara é em nos
instruir sobre como nos comportar! Quão freqüentemente seus preceitos
são repetidos! E quão explicitamente são revelados, de várias maneiras, a
fim de que pudéssemos entendê-los completamente!

Mas que proveito há em tudo isso se negligenciamos a revelação de
Deus e não nos esforçamos em nos inteirar dela? Que proveito há em se
ter princípios piedosos se ainda não os conhecemos? Por que Deus
revelaria a sua mente, se não nos importamos em saber o que é ela?

No entanto, a única maneira pela qual podemos saber se estamos
pecando é conhecendo sua lei moral: “Pela lei vem o pleno conhecimento
do pecado” (Rm 3.20). Entretanto, se não queremos continuar desagradando
a Deus, devemos estudar diligentemente os princípios do certo e do
errado que ele revelou. Devemos ler e pesquisar muito mais as santas
Escrituras. E devemos fazer isso com a intenção de conhecer todo o nosso
dever, assim a Palavra de Deus pode ser “lâmpada para os [nossos] pés e
luz para os [nossos] caminhos” (SI 119.105).

E, assim sendo, está claro que a maior parte das pessoas é muito mais
culpada simplesmente por causa da sua negligência aos deveres
espirituais. Antes de tudo, são culpáveis porque desprezam a Palavra de
Deus e outras fontes que poderiam informá-las. Agem como se o estudo
fosse somente um trabalho dos pastores. Tal ignorância é freqüentemente
uma negligência proposital e deliberada. Se não são conscientes do que
Deus quer delas, é sua própria falta. Elas têm oportunidade suficiente
para saber, e poderiam saber se o quisessem. Além disso, se esforçam
para ter outros tipos de conhecimen¬to. São bem treinadas em qualquer
interesse mundano que lhes agradam. Aprendem qualquer coisa que seja
necessário para ganhar a vida no mundo. Porém, não gastam nenhuma
energia para buscar o que conta para a eternidade.

O autoconhecimento. Segundo, se você deseja saber se está odiando o
seu pecado secreto deve examinar a si mesmo. Compare a sua vida com a
lei de Deus, e veja se você se conforma com o padrão divino. Este é o
caminho primário que devemos tomar para descobrir nosso próprio caráter.
Esta é uma diferença importante entre o ser humano e os animais
irracionais: o homem é capaz da auto-reflexão, capaz de contemplar seus
próprios atos e avaliar a natureza e a qualidade deles. Sem dúvida
nenhuma isso foi parte do motivo pelo qual Deus nos deu o seu poder — a
fim de que pudéssemos conhecer e avaliar nossos próprios caminhos.

Devemos nos examinar até descobrirmos se concordamos ou não com os
princípios da Bíblia. Isso requer a máxima atenção, a fim de não omitir
os nossos próprios erros, ou de não permitir que nenhum caminho mau se
esconda de maneira dissimulada.

Autor: Jonathan Edwards
Fonte: Jonathan Edwards






Autor





Macha


Fonte: http://estudos.gospelprime.com.br/e-dificil-avaliar-honestamente-seu-proprio-pecado/#ixzz1pCiBboMA
avatar
Lourival soldado cristão

Mensagens : 11156
Pontos : 24610
Data de inscrição : 23/12/2009
Idade : 59
Localização : Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum