NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
Outubro 2014
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Calendário Calendário

Quem está conectado
67 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 66 Visitantes :: 2 Motores de busca

Lourival soldado cristão

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Furl  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Login

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 3853 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de cristiano

Os nossos membros postaram um total de 26113 mensagens em 10061 assuntos

Igreja era usada para lavar dinheiro de quadrilha, pastor foi preso

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Igreja era usada para lavar dinheiro de quadrilha, pastor foi preso

Mensagem por Lourival soldado cristão em 11th Maio 2012, 5:26 pm

grátis!











Igreja era usada para lavar dinheiro de quadrilha, pastor foi preso



Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/igreja-era-usada-para-lavar-dinheiro-de-quadrilha-pastor-foi-preso/#ixzz1uav15gd8



O diretor operacional e comercial do Grupo
Filadélphia, empresa mineira que intermediava empréstimos bancários foi
preso e sua quadrilha, que aplicava golpes financeiros foi
desarticulada.

O presidente da empresa era o pastor Carlos Henrique Vieira, também
pré-candidato à Prefeitura da cidade de Lagoa Santa. Ele usava a Igreja
Pentecostal do Evangelho Pleno, com sede em Lagoa Santa, na Grande Belo
Horizonte, para captar interessados. O esquema montado por ele é
chamado de “pirâmide”, e estava restrito a militares da Aeronáutica e
fiéis da igreja, além de pessoas indicadas por eles.

Seis pessoas foram presas, incluindo dois diretores da empresa que
são sargentos da reserva da Aeronáutica. Eles serviam de apoio para
captar novos investidores em todo o país. Também estão com a prisão
temporária decretada o 1º vice Presidente do Grupo Filadélphia e dos
dois gerentes da Caixa Econômica Federal que participavam do esquema.

Além de prisão temporária, os policiais fizeram busca e apreensão na
residência do pastor. Apurações preliminares revelam que pessoas tiveram
prejuízos de até R$ 300 mil.

Essa “pirâmide financeira” gerou mais de R$ 10 milhões de prejuízo
para investidores de 23 estados. A Operação da Polícia Federal apelidada
de Gizé, nome de uma das pirâmides do Egito, foi deflagrada semana
passada, após denúncia do jornal Estado de Minas.

A quadrilha fazia a publicação de contratos de empréstimo que pagavam
juros de 2,5% a 5% ao mês mais poupança e a empresa Filadéphia
intermediava os empréstimos bancários.

Por exemplo, se uma pessoa os procurasse para fazer um empréstimo de
R$ 15 mil com um banco, eles a buscar R$ 25 mil, os R$ 10 mil a mais
eram reinvestidos na empresa, que dizia pagava 4% de juros ao mês por
esse valor.

A remuneração acima do valor de mercado atraiu interessados. Mas o
administrador, ao invés de aplicar os recursos, pagava os investidores
com a verba oriunda de novos adeptos. Com o crescimento rápido do
esquema, ficou inviável sustentar a base da pirâmide, pois era
necessário atrair centenas de pessoas. Começaram os atrasos nos
pagamentos de juros e os primeiros investidores começam a retirar os
montantes aplicados.

Centenas, ou milhares, de pessoas foram prejudicadas. A Polícia fez o
sequestro de 20 imóveis e apreendeu 40 veículos da quadrilha para
tentar diminuir os prejuizos dos investidores lesados. Calcula-se que o
esquema tenha gerado um prejuízo de R$ 10 milhões.

A igreja e também outras empresas ligadas ao grupo Filadelphia,
incluindo uma construtora e uma revendedora de automóveis, eram usadas
para lavar dinheiro e sonegar impostos. O lucro dava uma vida milionária
ao pastor/empresário/político, que tem um patrimônio declarado de R$30
milhões.

Com informações do Jornal Estado de Minas


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/igreja-era-usada-para-lavar-dinheiro-de-quadrilha-pastor-foi-preso/#ixzz1uauhq7eN

Lourival soldado cristão

Mensagens: 9951
Pontos: 21579
Data de inscrição: 23/12/2009
Idade: 56
Localização: Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum