NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

Quem está conectado
64 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 64 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4279 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Maurício

Os nossos membros postaram um total de 29971 mensagens em 12905 assuntos

70 Razões Porque Não Cremos na Doutrina da Trindade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

70 Razões Porque Não Cremos na Doutrina da Trindade

Mensagem por Lourival soldado cristão em 5th Outubro 2012, 5:40 pm

70 Razões Porque Não Cremos na Doutrina da Trindade




17 maio 2012






1ª) Porque tal doutrina surgiu no ano 325 depois de Cristo.

2ª) Porque é doutrina romana, pois surgiu da reunião de 318 bispos, liderada pelo Imperador Romano Constantino.

3ª) Porque é uma doutrina anti-Deus, anti-bíblica e foi fundada sob o concílio de Nicéia em 325dC.

4ª) Porque a palavra Trindade não é encontrada na Bíblia.

5ª) Porque Deus, os profetas, os patriarcas, os reis, os sacerdotes, os apóstolos e o próprio Jesus, conheceram um só Deus;

“Não terás outros deuses diante de mim” (Êxodo 20:3) {Deus}.

“Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR” (Deuteronômio 6:4) {Moisés}.

“Certamente, o vosso Deus é Deus dos deuses, e o Senhor dos reis”, (Daniel 2:47) {Nabucodonosor}.

“Crês, tu, que Deus é um só?…” (Tiago 2:19) {Tiago}.

“… e, contudo não procurais a glória que vem do Deus único?” (João 5:44) {Jesus}.

6ª) Porque na Bíblia não existe a expressão “Deus pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo” como ensina a doutrina da Trindade.

7ª) Porque de acordo com o dogma da Trindade, o Deus Pai gerou o Deus Filho. Agora eu pergunto: “Deus gera Deus?” Claro que não! “Pois quem é Deus senão o SENHOR?…” (Salmo 18:31).

8ª) Porque a Bíblia refuta o ensino da Trindade. “Assim
diz o SENHOR, rei de Israel, seu Redentor o SENHOR dos Exércitos: Eu
sou o primeiro, e eu sou o último, e além de mim não há Deus”
(Isaías 44:6).

9ª) Porque Jesus Cristo
o Filho de Deus possui duas naturezas, a divina e a humana. Jesus
Cristo era complemente homem e complemente Deus. Jesus é o
Verbo-encarnado, Deus manifestado na carne. Em sua humanidade (carne)
Jesus é o Filho, em sua Divindade (Espírito) Jesus é o Pai. “Quem vê
a mim, vê o Pai, …Não crês tu que eu estou no Pai e que o Pai está em
mim? As Palavras que eu vos digo, não as digo de mim mesmo, mas o Pai
que está em mim, é quem faz as obras”
(João 14: 9,10). “Eu e o Pai somos um” (João 10:30).

10ª) Porque Deus não conhece outro Deus além d’Ele mesmo. “Há outro Deus além de mim? Não, não há outra Rocha que eu conheça” (Isaías 44:Cool.

11ª) Porque os teólogos
trinitarianos substituem a palavra “deuses” por “pessoas” para
disfarçarem o erro da doutrina, e dizem que há três pessoas e não três
deuses.

12ª) Porque a Bíblia não ensina como ensinam os trinitarianos a igualdade dos deuses ou “pessoas” da Trindade. “Ninguém há semelhante a ti, ó Senhor; tu és grande, e grande é o poder no teu nome” (Jeremias 10:6).

13ª) Porque a Bíblia ensina que até os demônios crêem num só Deus. “Crês, tu, que Deus é um só? Fazes bem. Até os demônios crêem, e tremem” (Tiago 2:9).

14ª) Porque a doutrina
da Trindade se opõe ao próprio Jesus Cristo. Enquanto Jesus diz que é o
primeiro e o último, a Trindade diz que Ele é a segunda pessoa (deus). “Eu sou o Alfa e o ômega, o primeiro e o último, o princípio e o fim” (Apocalipse 22:13).

15ª) Porque Paulo ensinou a existência de um só Deus verdadeiro. “Ao Deus único e sábio seja dada glória, por meio de Jesus Cristo, pelos séculos dos séculos. Amém” (Romanos 16:27).

16ª) Porque Jesus Cristo desconhece o dogma da trindade, sendo Ele mesmo o Todo-Poderoso. “Eu sou o Alfa e o ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-poderoso” (Apocalipse 1:18).

17ª) Porque quando o
Senhor Jesus apareceu a João, Ele não revelou o mistério da trindade, e
sim, fez a Sua auto-revelação como o primeiro e o último. “Quando o
vi, caí a seus pés como morto. Porém ele pôs sobre mim a sua mão
direita, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último, e o que vive;
fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém”
(apocalipse 1:17,18).

18ª) Porque Jesus se
revelou em três manifestações: como Pai, como Filho e como Espírito
Santo. Estudando os versículos seguintes a luz da revelação, iremos
entender isto perfeitamente. “Disse-me ainda: Tudo está feito (Como
Filho). Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim (Como Pai da
eternidade). Eu, a quem tem sede darei de graça da fonte da água da vida
(Como o Espírito Santo). O vencedor herdará estas cousas, e eu lhe
serei Deus e ele será filho”
(Apocalipse 21:6-7). Jesus mesmo é nosso Deus e Pai.

19ª) Porque a doutrina
da trindade não mostra biblicamente o nome do Pai. Para eles, Pai não
tem nome, enquanto a Bíblia nos mostra o nome do Pai eternidade que é o
Senhor Jesus Cristo. “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos
deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será:
Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz
” (Isaías 9:6).

20ª) Porque Jesus é o grande EU SOU do Antigo Testamento. “Disse Deus a Moisés: EU SOU o que SOU…” (Êxodo 3:14). Compare este versículo com João 5:58: “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade eu vos digo: Antes que Abraão existisse, EU SOU”.

21ª) Porque o plano da salvação exclui a doutrina da trindade, pois a salvação é somente no nome de Jesus Cristo. “E
não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum
outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”
(Atos 4:12).

22ª) Porque o único nome que possui autoridade para ser exercida pelos homens, é o nome de Jesus Cristo. “Estes
sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome expelirão
demônios, falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e se alguma cousa
mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre os
enfermos eles ficarão curados”
(Marcos 16:17,18).

23ª) Porque o Senhor do Antigo Testamento é o mesmo Senhor do Novo Testamento. “Voz do que clama no deserto: preparai o caminho do SENHOR; endireitai ao ermo vereda a nosso Deus” (Isaías 40:3). Compare este versículo com Malaquias 3:1, “Eis
que eu envio o meu mensageiro que preparará o caminho diante de mim; de
repente virá ao seu templo o SENHOR, a quem vós buscais, o Anjo da
aliança a quem vos desejais; eis que ele vem, diz o SENHOR dos
Exércitos”
(Leia também Marcos 1:2-6).

24ª) Porque a Bíblia
não apresenta três espíritos divinos, e sim, um só Espírito que é o Pai.
Em Mateus 1:18, o Espírito Santo é o Pai: “Ora, o nascimento de
Jesus Cristo foi assim: estando Maria, sua mãe, desposada com José, sem
que tivessem antes coabitado, achou-se grávida pelo Espírito Santo
”. Em Atos 16:7, o Espírito Santo é o próprio Jesus: “…defrontando Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus não o permitiu”.
Não há contradição alguma nestas passagens, pois o Pai, o Espírito
Santo e Jesus são manifestações deferentes de um mesmo e único Deus
(Leia também 1Coríntios 12:4,11,13 e Efésios 4:4).

25ª) Porque o nome
profetizado no Antigo Testamento diante do qual os homens haveriam de se
dobrarem, é o mesmo nome de Jesus revelado no Novo Testamento. “Por
mim mesmo tenho jurado; da minha boca saiu o que é justo, e a minha
palavra não tornará atrás. Diante de Mim se dobrará todo joelho, e
jurará toda língua”
(Isaías 45:23). Compare este versículo com Filipenses 2:10,11, “Para
que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo
da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para
glória de Deus Pai”.


26ª) Porque não existem três salvadores do homem e sim, um só, sendo o mesmo do Antigo e do Novo Testamento. “Eu, eu sou o SENHOR, e fora de mim não há salvador” (Isaías 43:11). Compare com Filipenses 3:20, “Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo”.

27ª) Porque há um só Rei dos reis, sendo o mesmo do Antigo Testamento revelado no Novo Testamento, com o nome de Jesus. “Eu sou o SENHOR, vosso santo, o criador de Israel, vosso rei” (Isaías 43:15). Faça a comparação com Zacarias 9:9, “alegra-te
muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o
teu Rei, justo e salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho,
cria de jumenta
”; e Mateus 21:5, “Dizei à filha de Sião: Eis aí te vem o teu Rei, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de animal de carga”.

28ª) Porque o Deus conosco do Antigo Testamento, profetizado pelo profeta Isaías, é o mesmo DEUS CONOSCO do Novo Testamento. “…Eis aí está o vosso Deus” (Isaías 40:9). “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel {que quer dizer: Deus conosco}” (Isaías 7:14; leia também Mateus 1:23).

29ª) Porque em Isaías 6:1-3, o profeta viu o SENHOR assentado sobre um alto e sublime trono, e os Anjos clamavam: “Santo, santo, santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória”.
Isaías viu a glória de Deus e falou a seu respeito (João 12:41). O
apóstolo João viu esta mesma glória ao ver Jesus assentado no trono e os
Anjos a proclamar: “…Santo, Santo, Santo é o SENHOR Deus o Todo-Poderoso, aquele que era, que é e que há de vir” (Apocalipse 4:2,Cool.

30ª) Porque o Juiz que há de julgar o mundo de quem fala o Antigo Testamento é o mesmo Jesus do Novo Testamento. “…não fará justiça o Juiz de toda a terra?” (Gênesis 18:25). “Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus que há de julgar vivos e mortos; pela sua manifestação e pelo seu reino” (1Timóteo 4:1).

31ª) Porque a
Arqueologia nunca descobriu uma placa onde identificasse que os
primeiros habitantes da terra cressem numa trindade, mas sim, que suas
crenças eram generalizadas em UM SÒ DEUS Verdadeiro.

32ª) Porque a
Arqueologia descobriu que o homem cria em um só Deus, tendo depois
havido um desvio rápido do Monoteísmo para o Politeísmo e paganismo.

33ª) Porque os que crêem na trindade são confundidos pelas pessoas imaginárias que colocaram na sua doutrina da divindade de Deus. “…vossos irmãos, que vos aborrecem e que para longe vos lançam por causa do vosso amor ao meu nome, esses serão confundidos” (Isaías 66:5).

34ª) Porque crer na
trindade é crer cegamente num mistério de três pessoas co-iguais em
existência, poder, sabedoria, etc, mas que não tem fundamento nas
Escrituras e não estão em acordo com as declarações feitas por Jesus
Cristo nos livros da Bíblia, “Ora, àquele que é poderoso para vos
confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme
a revelação do mistério guardado em silêncio nos tempos eternos, e que
agora se tornou manifesto, e foi dado a conhecer por meio das Escrituras
proféticas, segundo o mandamento do Deus eterno, para a obediência por
fé, entre todas as nações, ao Deus único e sábio seja dada glória, por
meio de Jesus Cristo, pelos séculos dos séculos. Amém”
(Romanos 16: 25-27).

35ª) Porque a Doutrina
da trindade é aceita entre grupos religiosos que estão tão longe de Deus
em muitas áreas de crença, até em poderes dos espíritos, ídolos,
santos, orgias, dias, luas, imagens, etc. Contudo, Deus chamou Seu povo
para fora destas coisas, à uma fé comum, com uma doutrina e experiência
comum. “Ouvi outra voz do céu, dizendo: retirai-vos dela, povo meu,
para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos
seus flagelos”
(Apocalipse 18:4). “Amados, quando empregava
toda diligência, em escrever-vos acerca da nossa comum salvação, foi que
me senti obrigado a corresponder-me convosco, exortando-vos a
batalhardes diligentemente pela fé que uma vez por todas foi entregue
aos Santos
” (Judas 3). “Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e
cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos
vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós é a
promessa, para vossos filhos, e para todos os que ainda estão longe,
isto é, para quantos o Senhor nosso Deus Chamar. Então os que lhe
aceitaram a palavra foram batizados; havendo um acréscimo naquele dia de
quase três mil pessoas. E perseveravam na doutrina dos apóstolos.
..” (Atos 2:38,39,41,42).

36ª) Porque o povo
verdadeiro de Deus foi, é e será um povo perseguido se não se desviarem
do caminho e da doutrina de Deus. A Bíblia não menciona alguém sofrendo
ou sendo perseguido pela crença da trindade ou pelas diversas outras
crenças falsas. Os que foram mortos no livro de Apocalipse foram mortos
por perseverar no testemunho sobre Jesus. (Confira Apocalipse 12:17,
19:10 e Marcos 13:13).

37ª) Porque há um só
Deus que é Espírito e há um só Mediador que é homem, entre Deus e nós,
os homens. Não há três espíritos e nem três mediadores. “Deus é Espírito;…” (João 4:24). “Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem” (1Timóteo 2:5).

38ª) Porque ao
contrário daquilo que alguns ensinam sobre a trindade, por não
compreenderem Mateus 28:19, e o nome comum dos três títulos aí
mencionados, nossos pecados são perdoados por causa do nome de Jesus. “Filhinhos, eu vos escrevo, porque os vossos pecados são perdoados, por causa do seu nome” (1João 2:12). “…e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados, a todas as nações, começando de Jerusalém” (Lucas 24:47).

39ª) Porque a Trindade não morreu por mim na cruz do Calvário, para me trazer salvação. Quem morreu por mim foi Jesus Cristo.

40ª) Porque a Trindade
não foi ressuscitada da morte para minha vitória. Quem ressuscitou foi
Jesus para conceder-me a vitória sobre a própria morte (1Coríntios
15:3,4).

41ª) Porque a Trindade não é quem vem buscar a Igreja de Cristo. Quem vem buscar a Igreja é o nosso Deus e Salvador Jesus Cristo: “Aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo” (Tito 2:13).

42ª) Porque desviar-se
da crença nas Escrituras Sagradas sobre o único Deus que é Espírito e
tem se manifestado em carne humana na pessoa única que o Espírito gerou e
que é o Filho de Deus, e entregar-se ás doutrinas baseadas em tradições
de homens, já começa uma grande abertura para ceder também em todas
outras áreas de doutrina. E onde tais pessoas vão parar? Chega-se num
ponto onde vale tudo e não há mais distinção ou separação em nada. As
trevas vêm pouco a pouco e muitas foram às igrejas e congregações que
caíram nelas pela rejeição da verdade das Escrituras reveladas. “Respondeu-lhes
Jesus: Ainda por um pouco a luz está convosco. Andai enquanto tendes a
luz, para que as trevas não vos apanhem; e quem anda nas trevas não sabe
onde vai. Enquanto tendes a luz, crede na luz, para que vos torneis
filhos da luz
” (João 12:35-36).

43ª) Porque cultuar mais de um Deus é idolatria e os idólatras ficarão fora do Reino de Deus. “Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras, e todo aquele que ama e pratica mentira” (Apocalipse 22:15).

44ª) Porque na Bíblia
nunca lemos a expressão “Filho eterno” como sempre citam os
trinitarianos em seus livros e mensagens, e sim, lemos que o Filho
morreu, provando assim, que o Filho não é Eterno. “Porque se nós,
quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu
Filho, muito mais estando já reconciliados, seremos salvos pela sua
vida”
(Romanos 5:10). O mesmo Filho tinha também um dia em que nasceu em Belém. “E que hoje vos nasceu na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lucas 2:11).

45ª) Porque nem mesmo
os que ensinam à doutrina da Trindade entendem o que ensinam, havendo
assim, grande divergência e confusão entre eles mesmos, caindo assim em
contradição com as Santas Escrituras, “Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele crê não será confundido” (Romanos 10:11).

46ª) Porque se
existissem três pessoas na divindade como promovem os trinitarianos,
tendo como 1ª- pessoa o Pai, 2ª- pessoa o Filho e 3ª- pessoa o Espírito
Santo, então Jesus Cristo teria que ter dois pais, o que é um absurdo! “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai” (João 1:14). “Ora,
o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua, mãe,
desposada com José, sem que tivessem antes coabitado, achou-se grávida
pelo Espírito Santo”
(Mateus 1:18).

47ª) Porque se
existissem três pessoas na divindade, então haveria uma briga no
sepulcro de Jesus, sobre qual das três pessoas o ressuscitou da morte.
Foi o Pai, foi o Espírito Santo, ou foi o próprio Filho? Em Gálatas 1:1
diz que foi o Pai quem ressuscitou: “Paulo apóstolo, não da parte de
homens, nem por intermédio de homem algum, mas por Jesus Cristo, e por
Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos
”. Em Romanos 8:11 diz que foi o Espírito: “Se
habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os
mortos, vivificará também os vossos corpos mortais, por meio do seu
Espírito que em vós habita
”. E em João 2:19,21 diz que foi o Filho: “Jesus
lhes respondeu: “Destruí este santuário, e em três dias o
reconstruirei. “Ele, porém, se referia ao santuário do seu corpo”
.

48ª) Porque o rei Davi
que viveu em dias da influência do politeísmo e paganismo, desconhecia
as três “pessoas” ou “deuses” da Divindade, mas cria em um só. “Pois quem é Deus senão o SENHOR? E quem é rochedo senão o nosso Deus? (Salmo 18:31). “Pois tu és grande e operas maravilhas; só tu és Deus!” (Salmo 86:10).

49ª) Porque no céu não há ninguém igual a Deus. Ele no céu é a maior autoridade, porque no céu não há Trindade. “Pois
quem nós céus é comparável ao SENHOR? Entre os seres celestiais, quem é
semelhante ao SENHOR? Deus é sobremodo tremendo na assembléia dos
santos, e temível sobre todos os que o rodeiam. Ó SENHOR Deus dos
Exércitos, quem é poderoso como Tu és, SENHOR, com a tua fidelidade ao
redor de Ti!”
(Salmo 89:6-Cool.

50ª) Porque há um só Deus, o único que podia fazer tão altas declarações de Si mesmo. “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim” (João 14:6). “Eu sou o pão da vida” (João 6:48). “Eu sou a ressurreição e a vida” (João 11:25). “Eu sou o Messias” (João 4.25,26). “Antes que Abraão existisse, eu sou” (João 8:58). “Estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos. Amém” (Mateus 28:20).

51ª) Porque sabemos,
como sabiam os apóstolos, que Pai, Filho e Espírito Santo são títulos de
um Ser, cujo nome próprio é Jesus (Zacarias 14:9 e João 17:11,12).

52ª) Porque veremos o rosto de Jesus e em nossas frontes estará o Nome d’Ele e não o nome da Trindade (Apocalipse 22:4),.

53ª) Porque os
Apóstolos, além do professor interior (o Espírito Santo), tinham também a
mente aberta por Jesus (Lucas 24:45); isto os capacitou a compreender
que o Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo é Jesus Cristo (Isaías
52:6 e João 17:12).

54ª) Porque Nele
(Jesus) habita corporalmente toda a plenitude da divindade (Colossenses
2:9), isto é, em Jesus nós temos o Pai (Isaías 9:6), o Filho (Mateus
16:16) e o Espírito Santo (2Coríntios 3:17).

55ª) Porque Cristo, segundo a carne, descende dos Israelitas, mas sobre todos é Deus eternamente. “Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo, segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente. Amém” (Romanos 9:5).

56ª) Porque em toda a terra será conhecido um só Senhor, e um será também o seu nome. “E o Senhor será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o Senhor, e um será o seu nome” (Zacarias 15:9). Compare com Filipenses 2:10,11, “Para
que ao nome de Jesus se dobre todo Joelho dos que estão nos céus, e na
terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o
Senhor, para glória de Deus Pai”.


57ª) Porque Jesus em sua segunda vinda mostrará quem é o Único Poderoso Senhor. “Que
guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até a aparição de
nosso Senhor Jesus Cristo; a qual, a seu tempo, mostrará o
bem-aventurado e único poderoso Senhor; Rei dos reis e Senhor dos
senhores; aquele que tem, ele só, a imortalidade e habita na luz
inacessível…
” (1Timóteo 6:14:16).

58ª) Porque a palavra “Filho de Deus” se refere ao corpo que Deus preparou para habitar entre os homens. “Pelo que, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, mas corpo me preparaste” (Hebreus 10:5). “No
princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. E
o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória como a
glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”
(João 1:1,14). “De
sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo
Jesus, que sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a
Deus, mas aniquilo-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se
semelhante aos homens; e, achado na forma de homem humilhou-se a sim
mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz”
(Filipenses 2: 5-Cool.

59ª) Porque crer na Trindade é crer num Deus desconhecido, semelhante aos Atenienses. “Porque
lhes anunciava a Jesus e a ressurreição. …passando eu e vendo os vossos
santuários, achei também um altar em que estava escrito: AO DEUS
DESCONHECIDO. Esse pois que vós honrais, não o conhecendo, é o que eu
vos anuncio. O Deus que Fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do
céu e da terra”
(Atos 17:18,23,24).

60ª) Porque até Tomé que acreditava apenas no que via e tocava declarou que Jesus é o próprio Deus.
“Chegou Jesus, estando as portas fechadas,…e disse a Tomé: Põe aqui o
teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e mete-a no meu lado; e
m]ap sejas incrédulo, mas crente. Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor
meu, e Deus meu!”
(João 20:27,28). No entanto, aqueles que crêem no
único Deus Verdadeiro, não precisão apalpar para crer, ao contrário, é o
próprio Jesus, que coloca a mão sobre eles para lhes confirmar a fé. “E
eu, quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua
mão, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último; e o que vivo e
fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém”
(Apocalipse 1:17,18).

61ª) Porque a Bíblia fala de um mistério que esteve oculto desde o princípio, mas agora nos foi revelado. “O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos” (Colossenses 1:26). Este mistério é Deus em Cristo, “Para
que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em caridade, e
enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério
de Deus – Cristo”
(Colossenses 2:2).

62ª) Porque a Bíblia
não nos fala que Deus iria manifestar mais de si através do “mistério”
chamado Trindade, mas sim através do mistério da Piedade. “E,
sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Aquele que se
manifestou em carne foi justificado em espírito, visto dos anjos,
pregado aos gentios, crido no mundo e recebido acima na glória”

(1Timóteo 3:16). O mistério da Piedade é Deus manifestando a si mesmo na
carne; mas o ministério da iniqüidade é a carne se manifestando como
deus.

63ª) Porque as
profecias do Antigo Testamento anunciam a entrada triunfal de Jesus na
glória chamando-o de Rei da Glória e Senhor dos Exércitos.
“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levanta-vos, ó entradas eternas,
e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O Senhor forte e
poderoso, o Senhor poderoso na guerra. Levantai ó portas, as vossas
cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.
Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos; ele é o Rei da
Glória”
(Salmo 24:7-10).

64ª) Porque a Bíblia
nos apresenta a revelação progressiva de Deus através de Nomes que Ele
usou de acordo com o tempo e circunstâncias. Em Êxodo 6.3 Deus
esclarece: “Eu Sou o Senhor (YAHWEH), apareci a Abraão; a Isaque, e a
Jacó como o Deus Todo-Poderoso (EL SHADDAY); mas pelo meu Nome o Senhor
(YAHWEH), não lhes flui perfeitamente conhecido”.


65ª) Porque os profetas do Antigo Testamento profetizaram a revelação futura de Deus através de outro Nome. “Portanto o meu povo saberá o meu Nome, por esta causa, naquele dia, porque eu mesmo sou o que digo: Eis-me aqui” (Isaías 52:6). “E o Senhor será rei sobre toda a terra: Naquele dia um será o Senhor, e um será o seu Nome” (Zacarias 14:9). “… o meu Nome será tremendo entre as nações”
(Malaquias 1:14). O Tempo verbal está no futuro, “saberá”, “será”,
destacando a promessa futura de Deus revelar mais de si através de um
novo Nome que seria conhecido no Novo Testamento.

66ª) Porque o Novo Testamento confirma a auto-revelação de Deus através de várias passagens. “…e lhe porás o nome de Jesus, porque Ele salvará o Seu povo dos pecados deles” (Mateus 1:21). “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e chamá-lo-ão pelo nome de Emanuel, que traduzido é: Deus-Conosco” (Mateus 1:23). “Eu vim em Nome de Meu Pai …”. (João 5:43). “As obras que eu faço, em Nome de meu Pai,…”. (João 10:25). “Pai,… manifestei o teu Nome aos homens…” (João 17:1,6). “Eu lhes fiz conhecer o teu Nome, e lhes farei conhecer mais…”.
(João 17:26). Desta forma, Deus declara que Seu novo nome é JESUS, o
mais alto Nome revelado por Deus desde os tempos mais remotos do Antigo
Testamento (Leia Filipenses 2:9).

67ª) Porque o Nome
JESUS significa literalmente “Jeová (YAHWEH) Salvador”, ou “Jeová é
Salvação”; reafirmando assim que Deus não é um ser composto de duas ou
três pessoas, mas que Jesus é o mesmo Jeová do Antigo Testamento.

68ª) Porque Jesus é a revelação visível do Deus invisível. “O qual é imagem do Deus invisível,…” (Colossenses 1:15). “Havendo
Deus, antigamente, falado muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais,
pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho, …O
qual, sendo o resplendor da sua glória, é a expressa imagem da sua
pessoa…”
(Hebreus 1:1,3).

69ª) Porque Deus vestiu-se de carne e com Seu próprio sangue comprou Sua Igreja, “Olhai,
pois, por vós e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos
concedeu bispos, para apascentardes a Igreja de Deus, que ele resgatou
com seu próprio sangue”
(Atos 20:28). Assim Deus pôde reconciliar consigo mesmo o mundo, “Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo mesmo o mundo” (2Coríntios 5.19).

70ª) Porque nossos
argumentos sobre a Divindade de Deus devem se basear nas Escrituras
Sagradas e não em filosofias ou conceitos teológicos formulados pelos
homens. “E sabemos que já o Filho de Deus é vindo e nos deu
entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro
estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a
vida eterna
” (1João 5:20). “E eu, irmãos, quando fui ter
convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não fui com sublimidade
de palavras ou de sabedoria. Porque nada me propus saber entre vós,
senão a Jesus Cristo, e este crucificado. Para que a vossa fé não se
apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus”
(1Coríntios 2:1,2,5). Nossa fé tem que estar apoiada nas Escrituras e no poder de Deus. “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus” (Mateus 22:29).

Quem mais podia dizer tais cousas de si mesmo? De quem mais poderíamos dizê-las?

Jesus disse: “examinais as Escrituras,
porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam
de mim” (João 5:39).

Autor: pastor Juracy Alves de Lima

Revisado e Ampliado por Lindomar Alves da Silva





Escrito Por
Ob. Stênio Germano http://ipubdf.com.br/noticias/estudos/70-razoes-por-que-nao-cremos-na-doutrina-da-trindade/1193
avatar
Lourival soldado cristão

Mensagens : 11156
Pontos : 24610
Data de inscrição : 23/12/2009
Idade : 59
Localização : Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

INFELIZMENTE, SOU OBRIGADO A USAR UM "FAKE" POIS O "DANADO" DO ISAIAS ME EXCLUIU DESTE FORUM DE DEBATES... RELEMBRANDO OS VELHOS TEMPOS DO "CCBSEMCENSURAS"... MAS VAMOS AVANTE

Mensagem por Ahamed Mohandas em 4th Agosto 2013, 5:13 am

Lourival soldado cristão escreveu:70 Razões Porque Não Cremos na Doutrina da Trindade




17 maio 2012






1ª) Porque tal doutrina surgiu no ano 325 depois de Cristo.

RESPONDENDO:

LEDO ENGANO SEU!

A DOUTRINA DA TRINDADE SE EXPRESSA EM TODA A BÍBLIA E DESDE O SEUS PRIMEIROS TEXTOS PODEMOS NOTAR SUA EVIDÊNCIA:

"E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança;" [Gênesis 1:26a]

"Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro. [Gênesis 11:7]

 “Então, disse o SENHOR Deus: Eis que o homem se tornou como um de nós, conhecedor do bem e do mal…”. [Gn 3 ]

Observe que os verbos estão flexionados no plural: Façamos - desçamos e confundamos
Veja os pronomes: nossa (pronome possessivo), nós (pronome pessoal)

Outra menção bíblica interessante é a do batismo de Jesus Cristo. Ali vemos claramente a menção da trindade:“Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.” (Mt 3. 16-17). Observe bem que a trindade está presente naquele momento: Jesus, o filho (na água sendo batizado), Deus, o Pai (A voz que disse que Jesus era o Filho amado) e o Espírito Santo (descendo como pomba sobre Jesus)

Jesus ordenou o batismo de seus servos do seguinte modo: “batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”. [Mateus 28. 19 ]

“batizando-os em nome - "em nome" quer dizer: pessoas distintas

2ª) Porque é doutrina romana, pois surgiu da reunião de 318 bispos, liderada pelo Imperador Romano Constantino.

RESPONDENDO:

Deveria consultar o tópico que há neste forum de debates, chamado: "A DOUTRINA DA TRINDADE

Lá vai encontrar quase 400 versos que mostram Deus apresentando-se como único, três pessoas distintas também dizendo-se o único Deus, todos eles evidenciando atributos que só Deus possuí, responsáveis pelas mesmas ações.


3ª) Porque é uma doutrina anti-Deus, anti-bíblica e foi fundada sob o concílio de Nicéia em 325dC.

RESPONDENDO:

Não é anti-Deus; é a afirmação de que Deus existe. Não é anti-bíblica pois como foi respondido na pergunta anterior: 

Deveria consultar o tópico que há neste forum de debates, chamado: "A DOUTRINA DA TRINDADE

Lá vai encontrar quase 400 versos que mostram Deus apresentando-se como único, três pessoas distintas também dizendo-se o único Deus, todos eles evidenciando atributos que só Deus possuí, responsáveis pelas mesmas ações.

4ª) Porque a palavra Trindade não é encontrada na Bíblia.

O fato de não existir a palavra Trindade, contudo isso não anula a verdade expressa nas Escrituras e que resumimos com a palavra Trindade.

Há outras palavras também que expressam nossas doutrinas e que contudo não são encontradas na Bíblia. 

5ª) Porque Deus, os profetas, os patriarcas, os reis, os sacerdotes, os apóstolos e o próprio Jesus, conheceram um só Deus;

“Não terás outros deuses diante de mim” (Êxodo 20:3) {Deus}.

NÃO HÁ OUTRO DEUS. A DOUTRINA DA TRINDADE NÃO ENSINA OUTRO DEUS.

“Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR” (Deuteronômio 6:4) {Moisés}.

“Shema Yisroel Adonai Elohenu Adonai Echad”

No hebraico, há duas palavras para "um", "único"

"echad"- e tem o sentido de "unidade composta"
Por exemplo: a água (singular) composta de 3 elementos H2O; o ôvo, composto de casca, clara e gema.

"yachid"  - tem o sentido de "unidade absoluta"

O "Shemá" que encontramos em Deuteronômio 6:4 “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único ( "echad" - uma unidade composta) SENHOR” 
“Shema Yisroel Adonai Elohenu Adonai Echad ...”

“Certamente, o vosso Deus é Deus dos deuses, e o Senhor dos reis”, (Daniel 2:47) {Nabucodonosor}.

“Crês, tu, que Deus é um só?…” (Tiago 2:19) {Tiago}.

“… e, contudo não procurais a glória que vem do Deus único?” (João 5:44) {Jesus}.

6ª) Porque na Bíblia não existe a expressão “Deus pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo” como ensina a doutrina da Trindade.

RESPONDENDO:
Novamente, repetindo as mesmas perguntas, seguindo-se as mesmas respostas: examine o tópico: A DOUTRINA DA TRINDADE e vai descobrir que a Trindade existe.

7ª) Porque de acordo com o dogma da Trindade, o Deus Pai gerou o Deus Filho. Agora eu pergunto: “Deus gera Deus?” Claro que não! “Pois quem é Deus senão o SENHOR?…” (Salmo 18:31).

RESPONDENDO:
A pessoa Jesus na eternidade é o próprio Deus; é chamado de filho e Jesus se apresentou como filho pois a sua humanidade foi gerada no ventre de Maria. O seu Pai, Pai da sua humanidade é o próprio Deus. 

8ª) Porque a Bíblia refuta o ensino da Trindade. “Assim
diz o SENHOR, rei de Israel, seu Redentor o SENHOR dos Exércitos: Eu
sou o primeiro, e eu sou o último, e além de mim não há Deus” (Isaías 44:6).

9ª) Porque Jesus Cristo
o Filho de Deus possui duas naturezas, a divina e a humana. Jesus
Cristo era complemente homem e complemente Deus. Jesus é o
Verbo-encarnado, Deus manifestado na carne. Em sua humanidade (carne)
Jesus é o Filho, em sua Divindade (Espírito) Jesus é o Pai. “Quem vê
a mim, vê o Pai, …Não crês tu que eu estou no Pai e que o Pai está em
mim? As Palavras que eu vos digo, não as digo de mim mesmo, mas o Pai
que está em mim, é quem faz as obras” (João 14: 9,10). “Eu e o Pai somos um” (João 10:30).

RESPONDENDO:
Vejo que você está se tornando um trinitarista.


VOU PARAR POR AQUI POIS ISTO É CANSATIVO.

OS VERSOS MOSTRAM A DIVINDADE DE JESUS CRISTO E NÃO HÁ COMO NEGAR ISSO.

A SUA DIFICULDADE ESTÁ EM COMO EXPLICAR QUE HÁ VERSOS APRESENTANDO O PAI COMO O ÚNICO E ASSIM TAMBÉM O ESPÍRITO SANTO.

E ESTES COMO PESSOAS DISTINTAS.

EVIDENCIANDO OS MESMOS ATRIBUTOS DIVINOS: ONIPOTÊNCIA, ONISCIÊNCIA E ONIPRESENÇA.

REALIZANDO AS MESMAS AÇÕES.

RECOMENDO AOS QUE TEM DÚVIDAS A RESPEITO QUE EXAMINEM E CONTRADIGAM OS VERSOS QUE ESTÃO CITADOS NO TÓPICO: "A DOUTRINA DA TRINDADE"

Ahamed Mohandas

Mensagens : 4
Pontos : 4
Data de inscrição : 03/08/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum